Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Federao contra desistncias

17 de Outubro, 2017

Agremiaes nacionais tm ameaado desistir do campeonato por motivos financeiros

Fotografia: Vigas da Purificao| Edies Novembro

A direcção da Federação Angolano de Futebol (FAF) vai deliberar nos próximos tempos, um licenciamento em que exige condições a serem impostas aos clubes, com vista a evitar situações de desistência durante o Campeonato Nacional da Primeira Divisão, Girabola Zap, que este ano teve algumas "ameaças" de clubes, segundo uma fonte federativa.   
Em declarações à Angop, no domingo após o jogo da final do Zonal de Apuramento ao Girabola Zap do próximo ano, a fonte adiantou tratar-se de um documento que visa atestar a capacidade organizativa e financeira, particularmente , dos recém-promovidos à primeira divisão, designadamente, Domant FC do Bengo e FC Casa Militar do Cuando Cubando, dada a dimensão do campeonato.
Explicou que são duas formações que vão trazer outra qualidade e competitividade à referida prova, no entanto, é importante ver igualmente a potência financeira das mesmas, para de antemão se vetarem os episódios de “gritos de socorro” e até mesmo as habituais ameaças de desistência, que quebra o ritmo e a imagem da competição.
Acrescentou, que as agremiações mesmo após a vistoria anunciarem desistência, sejam sujeitas a “multas pesadas”, mas não especificou.
Este ano, várias equipas anunciaram a desistência ou incapacidade monetária, de se manterem na prova.
JGM Académica Sport, do Huambo, Progresso da Lunda - Sul, Estrela Clube 1º de Maio, de Benguela, Académica do Lobito e FC Bravos do Maquis são as formações que ameaçaram, em determinadas ocasiões desistirem do Campeonato Nacional da Primeira Divisão. 
Por outro lado, disse estarem a estudar novos métodos de disputa da segunda divisão, com perspectiva de alongar mais durante o ano, porém,  vão auscultar os clubes e Associações provinciais para o efeito.
O Domant FC foi líder do grupo A, com nove pontos, ao passo que a Casa Militar do Cuando Cubango venceu a série B, com 21 pontos.
A terceira equipa apurada é o Sporting de Cabinda, que venceu na liguilha o Jackson Garcia, de Benguela.