Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Ferrovia pronto para a "fina flor"

12 de Agosto, 2019

Fundado a 1 de Dezembro de 1930, o Ferrovia, a agremiao mais antiga da provncia, deteve at meados da dcada 1970, hegemonia no futebol.

Fotografia: Jornal dos Desportos

O Clube Desportivo Ferrovia do Huambo venceu sábado, no seu reduto, a formação da Académica do Lobito, por 2-0, em jogo de apresentação do plantel para a fina flor do campeonato nacional, o Girabola2019/20129, que arranca no próximo dia 15. As \"locomotivas\" do Huambo, que aproveitaram o desafio para limar as últimas arrestas para a sua estreia na I divisão, entraram  na partida a pressionar, com jogadas no primeiro toque, do meio campo ao sector ofensivo. Fruto da pressão, os comandados de João Pintar, adiantaram-se no marcador, logo no segundo minuto do desafio, por intermédio de Ary, ao aproveitar uma defesa má executada pelo guarda-redes da equipa adversária. Os anfitriões, que mantiveram o domínio da partida, empurrando sempre para o seu último reduto, os estudantes do bairro da Santa Cruz, tendo vindo a ampliar a vantagem no minuto 23, desta vez por intermédio de Chabalala, na cobrança de um livre directo. O resultado manteve-se até ao intervalo, apesar dos forasteiros terem despertado da apatia e arriscarem mais nas suas jogadas de contra-ataque. Na segunda parte, com a formação do planalto central a entrar com a equipa principal e a Académica a efectuar algumas alterações, mandando para o campo as suas principais peças, o jogo registou o equilíbrio, fazendo com que o resultado não alterasse até o minuto final.No final da partida, o treinador do Ferrovia do Huambo, João Pintar, fez uma avaliação positiva da actuação da sua rapaziada, referindo apresentar bons indicadores em termos competitivos, para competir de igual para igual com qualquer adversário e evitar a descida para segunda divisão. Para a presente época, cuja estreia acontece no próximo domingo, no seu reduto, diante do Cuando Cubango FC, o Ferrovia conta com um plantel composto por 34 atletas, com idade entre os 18 aos 28 anos e reforçou-se com 16 jogadores.  Tratam-se de Moreira (Ex-Wiliete de Benguela), Beni, Barbosa e Victó (Ex-ASA), Henriques (Ex-Terra Vermelha), Yanick (Ex-Dragão do Uíge), Mano Mano (Saurimo FC), Jú (Ex-Cuando Cubango FC), Pedro, Rui, Gelson e Esteves (1º D\'Agosto), Débora (Ponta Negra), Beto (Desportivo da Huila), Ary (Santa Rita de Cácia do Uíge) e  Juzy (Académica). Eis o plantel: Guarda-redes: José, Zebedeu, Moreira e Beni. Defesas: Mambelê, Sequesseque, Yanick, Juzy e Avela. Laterais: Feto, Simi, My, Barbosa, Mano Mano, Jú, Paulo, Ary e Nelson, Médios: Henrique, Ngueve, Pedro, Tchony, Tchabalala, Bebo, Debora, Betinho, Gelson, Zamorano e Esteves, ao passo que os  avançados são Manucho, Vitó, Beto, Rui e Paizinho. Fundado a 1 de Dezembro de 1930, o Ferrovia, a agremiação mais antiga da província, deteve até meados da década 1970, hegemonia no futebol.