Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

FIFA antecipa a gala

05 de Julho, 2018

Neymar forte candidato conquista do prmio de Melhor Jogador do Mundo

Fotografia: AFP

A gala anual da FIFA, que prestigia os melhores do mundo do futebol, vai ser antecipada este ano. Geralmente, realizada no fim do ano, para incluir a temporada do futebol sul-americano, dessa vez, a festa está marcada para 24 de Setembro, em Londres.
Além de mostrar que o futebol europeu tem mais peso na premiação, a decisão da FIFA tem como objectivo aproximar a premiação da disputa do Campeonato do Mundo, para que as pessoas que votem, tenham \' fresca\' na memória, a participação dos candidatos no Mundial da Rússia.
A votação leva em conta a opinião de medalhões do futebol, como Ronaldo Fenómeno, Kaká e Parreira: são eles que vão escolher, ao lado de Fábio Capello, Frank Lampard e outros premiados, uma lista preliminar de dez jogadores que vão disputar o prémio de melhor do mundo.Os ex-jogadores começam a votar no dia 23 de Julho, uma semana depois da decisão da Copa. O formato da votação vai ser semelhante aos anos anteriores: jornalistas têm peso de 25 por cento no resultado final, capitães de selecção e treinador também ficam com 25 por cento cada. O restante é complementado pelo voto dos torcedores pela internet.
Além de premiar o melhor jogador, a FIFA vai entregar prémios de melhor jogador, melhor guarda-redes, melhor treinador e treinadora, golo mais bonito e melhor claque.No Mundial da Rússia,  com o português Cristiano Ronaldo, eleito melhor jogador do mundo na gala passada, e o argentino Lionel Messi, de fora, eliminados nos oitavos - de -final, o brasileiro Neymar, ainda em prova, pode arrebatar o troféu de melhor do mundo se continuar em competição, com o Brasil e a defrontar a Bélgica no sábado.
Contudo, outros jogadores espreitam o prémio, como o inglês Harry Kane, que lidera a lista dos artilheiros com seis golos, que defronta na selecção, a Bélgica, nos quartos-de-final no sábado.Ronaldo e Messi dominaram nos últimos dez anos o prémio de Melhor do Mundo.