Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Gilberto assume direco do futebol dos tricoloresem

Juscelino da Silva - 28 de Setembro, 2019

Foi eleito duas vezes consecutivas, o melhor futebolista estrangeiro no Egipto.

Fotografia: Jos Soares | Edies Novembro

O antigo internacional angolano, Felisberto Sebastião da Graça Amaral \"Gilberto\", é desde quinta-feira última, o novo director para o futebol de formação do Petro de Luanda. O ex-capitão da formação tricolor exercia até à última semana, o mesmo cargo no FC Bravos do Maquis, para a área de seniores,  está em actividades, segundo apurou o Jornal dos Desportos, de uma fonte do grémio do Eixo -Viário.
Gilberto Amaral regressa à agremiação do Catetão, quatro anos depois de deixar a colectividade, onde viveu grandes momentos de glórias, passa a ocupar a vaga deixada por Sidónio Malamba, outro antigo atleta do clube que exerce, actualmente, a função de director para o futebol sénior.
O canhoto, como também é conhecido nas lides futebolísticas nacionais, tem como seu adjunto, o antigo defesa -central do clube, Aurélio Soares, que actualmente desempenha as funções de chefe de Departamento do futebol de formação.
Gilberto regressa ao Petro de Luanda, numa altura em que o clube vive uma situação complicada com o futebol sénior. Por isso, vai trabalhar para que o grémio consiga \"produzir\" mais talentos para municiar a equipa principal, que não vence o campeonato nacional há 11 épocas.
Com passagens pelo Benfica de Luanda e pelo FC Bravos do Maquis, em que exerceu igualmente funções administrativas, Gilberto do Amaral chegou a trabalhar no clube  tricolor depois de abandonar os relvados, entretanto, complicações com o antigo treinador do clube, o brasileiro Roberto Biachi, levou-o a deixar o grémio patrocinado pela Sonangol.
O antigo médio iniciou a sua formação desportiva no extinto Grupo Desportivo da Nocal, ganhou visibilidade ao serviço do Petro de Luanda, por isso, chegou ao Al Ahly do Egipto, onde ao lado do colega Flávio Amado, conquistou vários títulos continental, realce para a Liga dos Campeões. 
Gilberto jogou, igualmente, no AEL Limassol do Chipre, Lierse da Bélgica e no Benfica de Luanda, fez parte da equipa campeã africana de Sub-20, em 2001. Foi eleito duas vezes consecutivas, o melhor futebolista estrangeiro no Egipto.