Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Hélder Teixeira é a aposta

Avelino Umba - 06 de Janeiro, 2018

Hélder Teixeira de malas feitas para o Sambizanga a fim de dirigir os sambilas

Fotografia: Vigas da Purificação| Edições Novembro

Não obstante a direcção do Progresso do Sambizanga, até ao momento, não se pronunciar de forma oficial sobre a contratação do novo técnico, quando faltam dois dias para a abertura das oficinas,  o Jornal dos Desportos  apurou de uma fonte segura, que  Hélder Teixeira é o novo treinador  em substituição de Kito Ribeiro que abandonou a equipa no final da época passada, por alegado incumprimentos contratuais e salariais por parte da direcção sambila.
De acordo com uma fonte do clube, que preferiu o anonimato, Hélder Teixeira  assinou contrato por um ano  com o clube sambila e na próxima segunda-feira começa a trabalhar com o plantel amputado, devido a saída das pedras fundamentais que não resistiram aos \"assédios\" de outros clubes.
De acordo com a fonte, \"a direcção do Progresso do  Sambizanga tinha uma lista com vários treinadores na corrida, como é o caso do português José Dinis que treinou o ASA, do brasileiro Moacir Júnior, dos angolanos  Agostinho Tramagal, Mário Soares e Romeu Filemon, mas foi  Hélder Teixeira  que convenceu a direcção que é  presidida por Paixão Júnior\", afirmou.
A fonte  avançou ao Jornal dos Desportos, que \"as partes chegaram a acordo e o técnico Hélder Teixeira está de malas feitas durante na próxima semana vai ao Sambizanga, proveniente da cidade de Huambo onde reside, para ser apresentado ainda esta segunda-feira, no Complexo Desportivo e Escolar onde se vai juntar ao grupo que vai estar à disposição\" disse.
As negociações com o técnico Hélder Teixeira, disse a fonte, correram bem e há garantias de que  é o novo treinador do Progresso para a presente época que arranca a 4 de Fevereiro com o jogo da Supertça entre as equipa do 1º de Agosto e do Petro de Luanda, vencedores do Girabola Zap e da taça de Angola edição 2017.
Com apresentação previsto para segunda-feira , o nosso interlocutor afirmou que o técnico está satisfeito com este novo desafio e tudo vai fazer para concretizar os objectivos a serem traçados pela direcção do clube durante a época.
Ressaltou, por outro lado, que é um desafio para o qual o técnico vai dar o melhor de si, para alcançar os objectivos da direcção e alegrar a massa associativa.
Os sambilas vão trabalhar em Luanda até ao dia 15 de Janeiro, data em que seguem para o Lobito, local do estágio pré-competitivo.


Sangria afecta
vários sectores

A equipa do Progresso do Sambizanga sofreu alguma sangria. Os defesas Ndieu e Nzau,  os médios Silva e Norberto, ainda os laterais René, Lunguinha e o avançado Fofó são pedras fundamentais com que a direcção do clube não  conta para a abertura das oficinas na época 2018/9 que na segunda-feira inicia no Complexo Desportivo e Escolar no Sambizanga,  segundo apurou o Jornal dos Desportos de uma fonte da agremiação desportiva.
Ndie,  Nzau e Lunguinha estão em fim de contrato, enquanto que Rene, Norberto e Fofo têm um ano por cumprir, mas rescindiram de mútuo acordo.
À procura  da hegemonia registada nas épocas passadas, com realce  em 1982 (3ª edição) que teve o seu melhor momento, pois, ocupou a terceira posição da classificação geral e a conquista da taça de Angola em 1996. Na altura,  venceu na final o 1º de Maio de Benguela, com o treinador Joaquim Dinis \"Brinca N´ Areia\",  que possibilitou a participação na extinta Taça das Taças Africanas mas foi eliminado nos 16 avos de final pelo FC 105, do Gabão.
Os sambilas têm de andar atrás do prejuízo, de formas a repor as pedras fundamentais que não resistiram à cobiça de outros emblemas. 


PREPARAÇÃO
Sambilas iniciam com testes médicos

A pré-época da equipa do Progresso do Sambizanga começa na  segunda-feira no seu Complexo Desportivo e Escolar com a realização de testes médicos para todos os jogadores.
A informação foi prestada ao Jornal dos Desportos pelo vice-presidente para futebol, Manuel Dias dos Santos \"Kito\". \"Vamos abrir as nossas oficinas no dia 8 de Janeiro, inicialmente, com testes médicos para os jogadores. O elenco precisa de realizar exames médicos e testes físicos que indiquem que os atletas estão com saúde para jogar futebol\". sublinhou.
Os exames médicos prolongam-se durante a semana, com alguns  jogadores juniores que vão mostrar o seu potencial valor durante a pré-época\", disse o dirigente.
O Jornal dos Desportos apurou de uma fonte da equipa médica, que no exame os jogadores são avaliados com relação à massa corporal e depois submetidos a testes de sangue, para além do teste físico no campo.
O médico Vivaldino de Miranda deve seguramente coordenar os exames médicos, e os físicos provavelmente o cubano Ramon Eduardo, que na época passada trabalhou ao lado de Rui Oliveira, agora no Interclube.
Depois, os jogadores começam as actividades com a equipa técnica, sendo que em função dos resultados das avaliações, o grupo inicia treinos específicos de pré-época.