Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Hoji ya Henda supera opositores

22 de Setembro, 2015

Petizes do Misto do Hoji ya Henda vão representar o Cuanza Norte na fase nacional

Fotografia: Jornal dos Desportos

O Misto do Hoji ya Henda, ao vencer domingo último, no campo da Boavida, em Ndalatando, as Estrelinhas do Sambizanga, por 7-6, na marcação de pontapés de grandes penalidades, conquistou a sexta fase da I edição da Taça Kandengues das Comunidades em futebol na categoria de Sub-13.

Com a vitória de domingo último, sobre as Estrelinhas, os petizes do Misto do Hoji ya Henda vão representar a província do Cuanza Norte na fase final da competição que se realiza em Janeiro do próximo ano, em local a indicar. O troféu do terceiro classificado do torneio ficou com a equipa do FC Oásis que venceu o FC Pérola por 3-0. Um resultado que espelha a superioridade dos vencedores ao longo dos 60 minutos de jogo.

Elton, do Misto do Hoji ya Henda, foi eleito o melhor jogador do torneio, ao passo que Luís Pedro, guarda-redes da equipa do Estrelinha do Sambizanga, o melhor na sua posição. O troféu de melhor marcador foi conquistado por Feliciano António, avançado do FC Oásis. O presidente da Associação Kandengue Habilidoso e coordenador-geral do projecto "A Bola é no Musseque", Fabrice Maieco “Akwá”, aproveitou a ocasião, tal como nas provas anteriores, e ofereceu aos petizes o “DVD Angolano 10”, que retrata a sua trajectória futebolística.

A sétima fase do torneio que este ano, na sua fase experimental, homenageia os 40 anos da Independência Nacional, que se comemora a 11 de Novembro próximo, acontece sábado e domingo próximo na cidade do Namibe.

TAÇA HERÓI NACIONAL
Kolua revalida título


A equipa do Kumbi Kalembe Kolua, cujos jogadores residem na cidade Luanda, revalidou o título da Taça Herói Nacional em futebol onze, após vencer domingo, no campo do bairro Kolua, município de Quitexe, Uige, a equipa do Quinguenda FC, por 4-2, na marcação de pontapés de grandes penalidades, na final da II edição prova.

O bicampeão do torneio em homenagem ao primeiro Presidente da República de Angola, Dr. António Agostinho Neto, falecido há 36 anos, na extinta União das Repúblicas Socialistas Soviética (actual Rússia), encontrou imensas dificuldades para conquistar o torneio, o que se justifica o empate a uma bola no tempo regulamentar. 

A equipa do Kumbi Kalembe local, ao vencer o Muhombo FC, por 1-0, nas classificativas, terminou a competição em terceiro lugar. O Kolua (Luanda) chegou à final após vitória sobre o Muhombo FC, por 3-2, ao passo que o Kolua local derrotou o Quingueda FC, por 5-4, na marcação de pontapés de grandes penalidades, após empate (3-3) no tempo regulamentar. Netinho, do Kolua/Luanda, foi eleito melhor jogador, Afro (Kolua/Luanda) melhor guarda-redes e Capucho (Kolua/Quitexe) foi o melhor marcador.