Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Job aposta para o Matlama

Edvaldo Lemos - 24 de Agosto, 2019

Fotografia: Edies Novembro

A estreia do capitão Job na presente época futebolística, no jogo de amanhã, às 16h00, no estádio 11 de Novembro, diante do Matlama FC, do Lesotho, referente à segunda mão da primeira eliminatória de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos, pode ser a grande novidade na equipa do Petro de Luanda. A garantida foi dada ontem, pelo treinador António Cosano, durante a conferência de imprensa de lançamento do duelo, realizada no Complexo do Catetão.
Job, segundo o treinador tricolor, está livre da lesão (inflamação no joelho direito) contraída num dos jogos da pré-época, por isso apto para o confronto de amanhã, no 11 de Novembro, frente ao Matlama FC.
Quem também está apto para o jogo de amanhã é o ghanês Isaac Mensah, ausente do jogo do Girabola Zap, diante do Wiliete de Benguela, devido a um problema na coxa esquerda. E como o jovem jogador esteve bem nos treinos da semana, mereceu a confiança do treinador, para fazer parte dos convocados.
"Contamos com o Job para este jogo, estava com uma inflamação no joelho, queríamos utilizá-lo em Benguela mas não foi possível, mas contaremos com o capitão e o avançado Isaac Mensah, que terminou muito bem os treinos da semana", disse o treinador tricolor.
Do lado oposto, está o jovem avançado Picas. O camisola 2, por problemas de saúde, segundo o treinador do Petro, é baixa para o jogo de amanhã.
"Temos três jogadores em recuperação. O Picas vai fazer um teste fora do país, por isso não faz parte da convocatória, as clínicas (em Angola) não possuem o aparelho para fazer o exame que o cardiologista pediu, mas é um processo normal, não tem nada grave", adiantou o treinador.
Apesar desse contratempo, pois Picas iniciou a época na condição de titular, António Cosano garantiu, que preparou uma equipa com muita bravura para enfrentar o Matlama FC e, deste modo, assegurar a vantagem de duas bolas que tem na eliminatória, pois o  objectivo é jogar a última eliminatória frente ao vencedor do jogo entre o África Star da Namíbia e o Kampala City do Uganda, com vitória dos namibianos no jogo da primeira mão, em Kampala, por três bolas a duas.