Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Job e Elio nas contas de Bianchi

Paulo Caculo - 24 de Fevereiro, 2018

Petro recepciona hoje o 1º de Maio no Estádio 11 de Novembro.

Fotografia: Jose Soares| Edições Novembro

O provável regresso à equipa titular, dos médios Job e Diógenes e do central Elio, representa a principal novidade na equipa vice -campeão, Petro de Luanda, para o jogo desta tarde às 17h00 com o 1º de Maio de Benguela, referente à terceira jornada do Girabola Zap 2018.
Os três jogadores falharam a convocatória, no jogo da segunda mão da eliminatória de acesso à fase de grupos da Taça da Confederação, com o Masters Security do Malawi, por problemas físicos, porém, estão de regresso ao grosso dos disponíveis. Job queixava-se de dores no tornozelo, Elio estava a contas com uma ruptura na coxa, ao passo que Diógenes contraiu uma luxação no pé esquerdo.
Com os regressos dos três habituais titulares, adivinha-se novas alterações no \"onze\" de Beto Bianchi. Ou seja, Elio deve formar parelha com Wilson no eixo defensivo, ao passo que Job e Diógenes retomam a posição no sector intermédio, embora, sobre o capitão dos tricolores não exista a certeza de integrar os titulares.
De regresso ao \"onze\" está também o guarda-redes Gerson, poupado pelo treinador na deslocação a Malawi, por trabalhar de forma limitada nas duas últimas sessões. O guardião começa a época com problemas físicos, facto que permite a Lamá ganhar espaço entre os titulares.
No jogo de hoje com o 1º de Maio de Benguela, espera-se um Petro com altos índices de motivação, a julgar pelo excelente começo de época, cuja qualificação à última eliminatória da Taça da Confederação é prova.
Em face disso, cabe à equipa de Beto Bianchi justificar o favoritismo que se atribui na recepção aos proletários, cujo histórico de confrontos entre ambos, é comandado pelo conjunto de Luanda, sobretudo nos desafios em casa.
Os tricolores devem jogar com Gerson à baliza, o guarda-redes conta com o apoio de um quarteto defensivo formado por Ari e Mira, nas laterais direita e esquerda, e no centro Elio e Wilson. Ao meio -campo, Carlinhos e Herenilson devem ser os médios recuados, ao passo que Manguxi assume a missão de principal \"playmaker\" de toda a estratégia ofensiva da equipa, deve contar com o apoio de Job e Diney, descaídos nos extremos e a apostar na constante permuta de posições. O ataque deve estar entregue ao goleador Tiago Azulão.

TÉCNICO DO PETRO
“Jogadores estão super-motivados”

O técnico Beto Bianchi não antevê facilidades no jogo desta tarde com o 1º de Maio de Benguela, a partir das 17h00,  no Estádio 11 de Novembro. O treinador do Petro de Luanda garante que deve ser complicado ultrapassar o conjunto proletário de Benguela.
\"Todos os jogos são difíceis. Estamos no começo do campeonato, a equipa tem trabalhado bem e os jogadores traduzem em resultados satisfatórios para a equipa, todo o esforço\", disse.
O técnico dos tricolores enaltece o bom momento da equipa, diz estar confiante nos jogadores. Destaca a importância das vitórias  e o estado anímico do grupo, e espera  que a atitude dos jogadores continue a ser a mesma, durante os próximos jogos.
\"Vamos jogar com uma grande equipa (1º de Maio de Benguela), que vem a Luanda para pontuar. Vamos fazer o nosso jogo e marcar golos,  aproveitar, sobretudo, este momento que estamos a viver. Sabemos que não é um jogo fácil, vamos ter uma tarefa difícil, mas estamos prontos. Os meus jogadores estão super-motivados\", assegurou.
Bianchi revela que a equipa atravessa níveis de motivação agradáveis, e que se afiguram como bom presságio para a antevisão ao jogo com o 1º de Maio de Benguela, que vai marcar presença no Estádio 11 de Novembro com objectivo de \"roubar\" pontos ao candidato ao título.                                              
PC