Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Jovic soma primeiro ponto na competio

Jorge Neto - 02 de Dezembro, 2019

Militares tropeam em casa comeam a preparar jogo com Zamalek

Fotografia: Mota Ambrsio| Edies Novembro

Com o empate a um golo, diante da formação do Zesco United da Zâmbia, o técnico bósnio do 1º de Agosto, Dragan Jovic, somou o primeiro ponto, na sua estreia, na fase de grupos da Liga de Clubes Campeões Africano.
O desafio de sábado, no Estádio 11 de Novembro, referente à primeira jornada do grupo A, da maior competição africana à nível de clubes, contou com os golos de Mabululu, aos 09m e Clement Mulashi, aos 16m.
Na quarta época, a orientar os militares, o bósnio conseguiu apurar pela primeira vez a equipa para a fase de grupos, depois de cair nas edições anteriores nas pré-eliminatórias, diante do Kampala City do Uganda, Platinum do Zimbábue e do AS Otoho do Congo Brazzaville, respectivamente.
Deste modo, o técnico viveu no banco às primeiras emoções da sua carreira, na Liga de Campeões Africanos. A divisão de pontos, na estreia, não foi seguramente o resultado pretendido, mas os militares dominaram, criaram mais oportunidades, porém, a sorte do jogo esteve do lado do adversário que soube reagir, em pouco tempo, empatando o marcador e explorar o contragolpe.
Os tetra -campeões nacionais podem queixar-se de si mesmos, por não terem a pontaria em dia nas jogadas em que o adversário abriu espaços, na sua bem arrumada defesa e quando deixou de lado o anti-jogo, com a queima de tempo.
Mesmo sem ser o resultado ideal para o 1º de Agosto, não é mau de todo, já que neste tipo de competição o importante é pontuar sempre, em todos os jogos. Por isso, abrem boas perspectivas para a segunda jornada desta competição, onde vai deslocar-se ao Egipto para defrontar, no sábado, o Zamalek local, por sinal, o maior perdedor da primeira ronda, ao baquear diante do TP Mazembé do Congo Democrático, por 3-0.
Os rubro - negros dividem a segunda posição do grupo A, com a formação do Zesco United, somam um ponto cada, que  permite aspirar  a uma campanha exitosa, já que o objectivo está focado em passar à fase de grupos e atingir a fase do mata -mata, nos quartos -de -final, e daí em diante, chegar o mais longe possível, tal como afirmou o técnico -adjunto, Ivo Traça, no final do jogo diante dos zambianos.
“Entramos bem e fizemos um golo, mas faltou alguma consistência defensiva e a capacidade de concretizar as oportunidades que tivemos. O nosso objectivo era ganhar, mas não foi possível, na medida em que o adversário  fechou-se muito bem. Por isso, agora, vamos pensar no próximo jogo com o Zamalek”, disse.

GOLEADOR
Mabululu marca e confirma “estatuto”


O avançado do 1º de Agosto, Cristóvão Paciência "Mabululu", confirmou o estatuto de melhor marcador dos militares, na Liga dos Campeões, deixa clara a apetência de marcar às equipas zambianos.
O autor do único golo dos rubros - negros, no empate a um golo na estreia desta competição, depois de marcar frente ao Green Eagles, da Zâmbia, na última eliminatória de acesso à fase de grupos, voltou a fazê-lo diante do Zesco United, no sábado.
Mabululu foi o artilheiro dos militares nas eliminatórias de acesso à fase de grupos, com três golos, dois frente ao conjunto do KMKM, da Tanzânia e um, contra o Green Eagles, da Zâmbia.
O camisola 26 lidera,  igualmente, o ataque rubro - negro no Girabola Zap, com sete finalizações, confirma as credenciais de goleador.
Em função da motivação que o jogador atravessa, a equipa técnica deposita confiança nele para o jogo de sábado, na deslocação ao Egipto, frente ao Zamalek, local.
Será importante marcar golos, no terreno do adversário, que certamente vai jogar ferido no seu orgulho,  com a missão exclusiva de ganhar, sobretudo, depois da goleada, 3-0, sofrida na visita ao conjunto do TP Mazembé do Congo Democrático.