Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Leixes confirma V por um ano

25 de Janeiro, 2018

Internacional dos Palancas Negras assume um novo desafio no Leixes de Portugal

Fotografia: PAULO MULAZA|EDIES NOVEMBRO

O angolano Vá, do Progresso do Sambizanga, é um dos três futebolistas anunciados pela  SAD do Leixões, como reforços anunciados para o emblema de Matosinhos, que disputa  a II Liga portuguesa de futebol.
O avançado angolano  assinou contrato com  a formação lusa até 2019,  com um ano de opção. Vladimiro Félix, conhecido por Vá, é internacional angolano (nove jogos e um golo pela selecção principal) e só vai juntar-se ao plantel quando terminar a participação no CHAN, competição africana de selecções que está a decorrer em Marrocos.
Na última temporada do Girabola, campeonato angolano da primeira divisão,Vá apontou seis golos em 20 jogos pelo Progresso do Sambizanga.
Os futebolistas Rodi Ferreira (ex-Temperley, Argentina), e João Rodrigues ‘Tarzan’ (ex -Caldas) são outros reforços do Leixões. Em comunicado, a SAD informou que o lateral direito Rodi Ferreira, de 19 anos, assinou contrato até 2019, cedido pelo Olimpia do Paraguai, depois de cumprir um período de empréstimo ao Temperley.
Internacional pelo Paraguai nos diversos escalões jovens - jogou no Mundial de sub-17 em 2015, e o Torneio de Toulon em 2016 - Rodi  treina em Matosinhos.
Para o  Caldas, do Campeonato de Portugal, vai chegar no final da época o jogador João Rodrigues \"Tarzan\", que assinou um vínculo até 2021, só deve rumar  para o Estádio do Mar, na época 2018/19, permanece no clube semifinalista da Taça de Portugal até Junho.
Tarzan é um avançado/extremo de 23 anos, apontou 39 golos nas últimas três temporadas, está a destacar-se na presente época - apontou 12 tentos - não só no campeonato, mas também na Taça de Portugal.
O Leixões ocupa o quinto lugar na II Liga, e está na luta pelo acesso ao principal escalão do futebol português, com os mesmos 35 pontos da segunda equipa com direito de subida, o Nacional, enquanto a Académica tem 37 pontos.