Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Libolo inicia caminhada em África

Jorge Neto - 11 de Março, 2017

Libolenses almejam marcar golos para jogar sossegados no desafio da segunda mão no terreno dos zimbabweanos depois do jogo desta tarde em Calulo

Fotografia: José Cola | Edições Novembro

A equipa do Recreativo do Libolo começa hoje, às 15h00, no Estádio de Calulo, a caminhada de acesso à fase de grupo da Taça da Confederação, quando defrontar a  formação do N´zagi Platinium do Zimbabwe, a contar para a primeira mão dos 16 avos-de-final da competição.

O conjunto orientado pelo técnico Vaz Pinto está privado de algumas peças fundamentais, casos do lateral direito Carlitos, do médio Dário, e do avançado Viet, que falham o jogo, por lesão. Carlitos recupera de uma mazela no joelho direito, enquanto os outros dois queixam-se de dores musculares,  situação que cria alguns condicionalismos na preparação do desafio, mas que não deve influenciar .

No plantel, a equipa técnica tem jogadores capazes de ocupar as posições e contribuir para uma vitória, ou seja, o objectivo principal traçado pela formação da Vila de Calulo para este desafio.

Sobre o adversário, os libolenses têm algumas informações, que durante a semana de preparação foram visionadas e trabalhadas no campo, para ultrapassar  com uma margem folgada de golos. O N´zagi Platinium do Zimbabwe é um adversário a ter em conta, mas os libolenses assumem o favoritismo, quanto mais não seja, por jogar em casa.

Os pupilos de Vaz Pinto vão aproveitar o bom momento que atravessam no Girabola Zap, onde somam três vitórias e uma derrota, e manter a pedalada na competição continental onde vão encontrar dificuldades, mas que tudo vão fazer para superar.

Depois da eliminação do 1º de Agosto, na primeira eliminatória de acesso à fase de grupos da Liga dos Clubes Campeões Africanos, o Recreativo do Libolo é nesta altura o único representante angolano nas competições sob a égide da Confederação Africana de Futebol (CAF).

O desempenho positivo da formação de Calulo nesta competição, caso atinja à fase de grupos, pode voltar a colocar mais equipas angolanas nas provas da CAF, nas próximas edições. O adversário do Libolo chegou ontem, de manhã, à Vila de Calulo, e no período da tarde realizou uma sessão de treinos de reconhecimento ao relvado,  está disposto a garantir um bom resultado para decidir em casa o desafio da segunda volta, no próximo final de semana.