Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Malanga ambiciona um grupo coeso

Augusto Panzo - 14 de Dezembro, 2017

Lateral direito da equipa do Bengo trabalha para convencer o treinador Kito Andr

Fotografia: Dombele Bernardo | Edies Novembro

O lateral-direito do Domant FC de Bula Atumba, Malanga, reagiu positivamente em relação aos trabalhos levados a cabo na primeira semana de preparação, e lembrou que tudo correu da melhor maneira.
“Como é do vosso conhecimento, nós ficámos muito tempo parados e nesta altura estamos de regresso. Estivemos a trabalhar a condição física, a par de muita recreação ao longo da primeira semana, com o propósito de melhorar a nossa condição físico -atlética individual. Graças a Deus tudo correu da melhor forma”, afirmou.
Realçou todos trabalham profundamente virados para esse efeito, facto que considerou ser muito interessante, advertiu que a tarefa não é fácil, pois, há muita luta no seio do grupo com o fito de cada um dos integrantes conseguir o seu lugar.
Sobrevivente do plantel do ano passado, Malanga reconhece que as mudanças de jogadores nos clubes são normais, porque enquanto uns saem, outros entram na equipa, em função da necessidade da direcção ou da equipa técnica.
Com isso, o jogador agradeceu a vinda de novos companheiros para o grupo, deseja muita coragem e boa sorte.
“Devo dizer que as mudanças de atletas nos clubes são uma constante. Os jogadores vêm e vão, e ainda há outros que se mantêm nos plantéis de acordo com as necessidades das direcções e das equipas técnicas. Neste caso, quero aqui desejar que os colegas em via de ingressar no grupo tenham o espírito de união e de camaradagem, para que possamos atingir os nossos objectivos sem constrangimentos”, revelou.
Pediu a todos o mesmo nível de empenho, dar o máximo, de forma a facilitar a tarefa do treinador na escolha daqueles que passam a integrar o plantel.
“Como em qualquer outro lugar, a concorrência gera entrega. E, quando isso acontece, é sempre salutar, porque exige das pessoas mais empenho nos trabalhos, e dá mais possibilidades ao treinador na sua forma de constituir o plantel, e colocar os jogadores nos devidos lugares”, salientou.
Malanga almeja um grupo coeso, que ajude a alcançar um resultante capaz de permitir o Domant FC a classificar-se no meio da tabela, no final do Girabola Zap de 2018.
“A nossa intenção é de melhorar os índices competitivos no Girabola que se avizinha, em relação à nossa primeira experiência ocorrida em 2015, para que lutemos para uma classificação que nos coloque entre o meio da tabela no final da época, e nos ajude a manutenção no campeonato”, desejou.

SEGUNDO CICLO
Equipa do Bengo
trabalha  ginásio


A equipa do Domant FC de Bula Atumba entrou para o segundo ciclo de preparação, com vista o Girabola Zap do próximo ano. Depois de cumprir o processo de melhoramento da componente física geral na praia, aliado à recreação, os pupilos de Francisco André \"Kito\" trabalham desde segunda-feira na vertente física específica, com exercícios no ginásio.
Este processo vai alargar-se até amanhã, data em que o grupo de jogadores que integra o Domant FC passa para os treinos técnico -tácticos, com trabalhos intensivos no campo, entremeados por um repouso durante o fim-de-semana.
A partir das sessões que começam na segunda-feira dia18, a formação do Bula Atumba vai igualmente entrar para a fase da realização de jogos -treinos amigáveis, com vista à determinação da capacidade técnica individual de cada jogador.
Ainda não estão definidos os adversários a defrontar nesses desafios, mas uma boa parte devem ser com equipas da Primeira Divisão, sobretudo, na vertente de reservas, segundo uma fonte do plantel às ordens de Kito André.
AP