Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Maquis defronta Dom Bosco

Augusto Panzo, em Benguela - 29 de Janeiro, 2015

o terceiro jogo de carcter amistoso desde que o conjunto do Moxico estagia em Benguela

Fotografia: Santos Pedro

O FC Bravos do Maquis continua, em Benguela, a buscar a forma desportiva que lhe possibilite participar na 37.ª edição do Girabola sem grandes sobressaltos. Hoje, a equipa treinada por Victor Manuel realiza mais um jogo amistoso com conjunto Orlando da Graça, formação mais conhecida  em Benguela pelo nome de Dom Bosco.

Este será o terceiro jogo de carácter amistoso desde que o conjunto do Moxico desembarcou nas terras de Benguela, localidade em que, à semelhança de um grupo de outras formações comprometidas com o Girabola deste ano, se encontra a preparar a respectiva pré-época.

Tal como está a acontecer com os seus companheiros de profissão presentes em Benguela, o técnico Victor Manuel não se importa muito com os resultados destes jogos amistosos, mas sim com os níveis competitivos que os seus pupilos vão adquirindo, para fazer face ao complicado campeonato nacional de futebol que está às portas.

Victor Manuel, que se encontra na fase de conhecimento do grupo que tem à disposição, precisa de observar por mais tempo o seu conjunto, para que possa alinhavar as coisas conforme precisa, entrar no Girabola com todos os argumentos preparados.

O treinador, embora não tenha feito um pronunciamento público sobre esse desiderato, pode ter como meta, a conservação ou a melhoria do quinto lugar ocupado pela formação do FC Bravos do Maquis no Girabola passado, de acordo com aquilo que deixou antever na curta entrevista que concedeu numa das ocasiões ao Jornal dos Desportos, em Benguela.

PRÓXIMO
O 1.º de Maio de Benguela pode ser o adversário do FC Bravos do Maquis na quarta partida de carácter amistoso projectada pela equipa técnica do clube do Moxico, no âmbito da sua fase preparatória, visando o Girabola que se avizinha. Essa possibilidade foi salientada por Paulo Tomás ao Jornal dos Desportos, o homem que agora coordena o futebol de alta competição na equipa maquisarde.

“Depois do teste que fizemos com o Dom Bosco, pensamos realizar o quarto jogo no próximo sábado diante do 1.º de Maio de Benguela. A partida vai ser provavelmente disputada no Estádio Municipal de Benguela”, garantiu. “Se houver alguma alteração em relação ao adversário e ao campo, nós faremos questão de comunicar com a devida antecedência”, acrescentou o antigo lateral esquerdo do ASA, que se notabilizou no Nacional de Benguela.

MAQUISARDES

O FC Bravos do Maquis continua, em Benguela, a buscar a forma desportiva que lhe possibilite participar na 37.ª edição do Girabola sem grandes sobressaltos. Hoje, a equipa treinada por Victor Manuel realiza mais um jogo amistoso com conjunto Orlando da Graça, formação mais conhecida  em Benguela pelo nome de Dom Bosco.

Este será o terceiro jogo de carácter amistoso desde que o conjunto do Moxico desembarcou nas terras de Benguela, localidade em que, à semelhança de um grupo de outras formações comprometidas com o Girabola deste ano, se encontra a preparar a respectiva pré-época.

Tal como está a acontecer com os seus companheiros de profissão presentes em Benguela, o técnico Victor Manuel não se importa muito com os resultados destes jogos amistosos, mas sim com os níveis competitivos que os seus pupilos vão adquirindo, para fazer face ao complicado campeonato nacional de futebol que está às portas.

Victor Manuel, que se encontra na fase de conhecimento do grupo que tem à disposição, precisa de observar por mais tempo o seu conjunto, para que possa alinhavar as coisas conforme precisa, entrar no Girabola com todos os argumentos preparados.

O treinador, embora não tenha feito um pronunciamento público sobre esse desiderato, pode ter como meta, a conservação ou a melhoria do quinto lugar ocupado pela formação do FC Bravos do Maquis no Girabola passado, de acordo com aquilo que deixou antever na curta entrevista que concedeu numa das ocasiões ao Jornal dos Desportos, em Benguela.

PRÓXIMO
Goleada sobre
Jackson Garcia

Depois de um primeiro amistoso marcado pela derrota de 3-0 diante do Domant FC do Bengo, a formação do FC Bravos do Maquis venceu na tarde da passada terça-feira, no campo da Força Aérea Nacional (FAN) da base da Catumbela a equipa do Jackson Garcia FC por 3-1.
Sem falar muito, porque o trabalho  é o que mais interessa conforme ele próprio frisou, Victor Manuel continua a primar na busca de uma coesão, aliada a um bom nível competitivo dos seus pupilos, com o fito de ter um conjunto muito aguerrido no Girabola de 2015.
É uma vitória constitui sempre motivo de orgulho para todos que estejam na condição de vencedores, mas Victor Manuel não alinha muito nesse diapasão nessa fase da pré-época, pois, para si, o mais importante é criar uma equipa demolidora, que garanta um Girabola tranquilo.
Sem temor pelas suas palavras, nem desprimor para as outras equipas, Victor Manuel prometeu entrar no campeonato bem arrumado, de forma a não dar tréguas aos adversários que a sua equipa há-de enfrentar na competição.  
“Estamos atentos, a tentarmos fazer o nosso trabalho, de maneira a entrarmos da melhor forma no campeonato”, fez questão de frisar ao Jornal dos Desportos.
O treinador havia prometido na semana finda que a equipa já teria outras "nuances" nesta semana, e esse triunfo diante do Jackson Garcia já pode ser reflexo disso.
“Para a semana eu penso que a equipa já vai estar com  conteúdos técnicos e tácticos muito melhores”, disse na  entrevista.  O Bravos do Maquis vem perseguindo a conquista do título há vários anos e, desta vez, o sonho continua de pé pelo que investiu.AP