Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Mbiyavanga defende maior dinamismo

Augusto Panzo - 03 de Abril, 2017

Treinador e antigo praticante assegura existir muitos talentos angolanos no estrangeiros

Fotografia: M. machangongo | edições novembro

O antigo médio ofensivo Mbiyavanga Kapela, jogador que se notabilizou ao serviço das equipas do Petro de Luanda, 1º de Agosto e do Kabuscorp do Palanca no Girabola, enalteceu a nova dinâmica que o actual elenco da Federação Angolana de Futebol (FAF) está a implementar, com o propósito de revitalizar a modalidade a nível nacional.

Mbiyavanga Kapela, na entrevista que concedeu ao Jornal dos Desportos, advogou a necessidade de se criar um gabinete especializado na matéria de captação de talentos no exterior do país junto da FAF, com o propósito de municiar cada vez mais os Palancas Negras com os melhores talentos que despontam noutros pontos do mundo.

No seu ponto de vista, Mbiyavanga Kapela defendeu maior recurso para os clubes da Europa, continente que detém um grande número de angolanos residentes, cujos descendentes estão a “dar cartas” nos campeonatos locais. Para justificar a sua afirmação, o antigo futebolista fez questão de revelar uma lista de 15 novos talentos que conseguiu descobrir em Janeiro passado, aquando da sua estadia em alguns países do velho continente.

“Em Janeiro tive a sorte de ir para França a fim de conhecer a infra-estruturas do clube Paris Saint-Germain (PSG). Aproveitei conhecer outros jogadores angolanos que estão a despontar no exterior e descobri ainda muita coisa”, revelou.

De entre outras questões que conseguiu constatar, o antigo jogador do Petro de Luanda, 1º de Agosto e do Kabuscorp do Palanca desmente a recusa de que são acusados os atletas angolanos a evoluírem na Europa, em vir representar a Selecção Nacional.

“Não é verdade que os angolanos na diáspora recusam-se me representar a Selecção Nacional, como tem sido propalado por muita gente. O que se passa é que muitos desses jogadores nunca foram contactados pelas autoridades angolanas. Eu mesmo tentei falar com alguns e revelaram nunca terem sido contactados. Então é sempre bom dar-lhes essa oportunidade”, afirmou.

Recordou que a ida de Angola ao Mundial da Alemanha em 2006, foi fruto dessas pesquisas feitas naquela época. “Vamos partir do exemplo daquilo que foram as pesquisas feitas no primeiro quinquénio de ano 2000, que culminou na descoberta daquela nata de jogadores como Figueiredo e outros, que acabaram de levar Angola no Mundial de 2006. Eram todos jogadores da diáspora. E o jogador interno quando recebe essa cultura do outro que vem de fora, ganha nova motivação. Então vamos voltar a isso”, solicitou.

DESCOBERTAS
Clubes portugueses
encabeçam lista


Nas pesquisas feitas por Mbiyavanga Kapela em Janeiro deste ano aquando da sua estadia na Europa, o antigo craque tricolor descobriu 15 novos talentos a evoluírem em clubes daquele continente, aos quais se junta o já conhecido Jordin Massamba, que actua no PSG da França. Da lista sobressaem os clubes portugueses, com seis jogadores, seguidos pelos ingleses, com quatro, enquanto os grémios da Espanha e da França aparecem com dois jogadores para cada país.

 A Bélgica tem uma equipa na lista. Nominalmente a lista é composta pelos guarda-redes Ruben Waloloca Rieso, do Espanhol de Barcelona, de 19 anos de idade e Kadú, do Trofense de Portugal, que tem 22 anos de idade, os defesas Aurélio Buta, da equipa B do Benfica de Portugal (20 anos) e Malcon Kacutalua, do Arminia Bielefeld da Ingalterra (22 anos).

Também constam da lista dos pesquisados por Mbiyavanga Kapela os médios Jordin Massamba (18 anos) e Roly de Sá (20 anos), ambos do conjunto B do PSG, Delman Santos, do Trofense (21 anos) e Manuel Benson, do Lierse da Bélgica (20 anos).

Ainda são talentos descobertos pelo antigo craque os avançados Fábio Abreu (24 anos), do Marítimo, Wilson Manaças (22 anos) do Portimonense, Bruno Gaspar (24 anos), do Vitória de Guimarães, Erivaldo (22 anos), do Desportivo das Aves, Cephas Malele (23 anos), do Varzim, Rafael Camacho (16 anos), do Liverpool, Hélder Costa (23 anos), do Wolverhampton e Jordin Hiwula Mayifuila (22 anos), do Bradford.                                                                                                                                           
AP