Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Militares huilanos perdem "poder de fogo"

Benigno Narciso - Lubango - 11 de Julho, 2019

Fotografia: Jornal dos Desportos

A equipa de futebol do Desportivo da Huíla, terceira classificada do Girabola Zap passado, vai disputar a edição 2019/2020, que arranca a 16 de Agosto próximo, com a frente de ataque fragilizada, face as saídas inesperadas das suas principais referências da linha avançada: O camaronês Leonel e o nigeriano Razaq.
O avançado camaronês Leonel, segundo melhor marcador do Girabola Zap 2018/2019, transferiu-se para o campeonato da primeira divisão da Polónia, enquanto o nigeriano Razaq, chegou a acordo com um clube do principal escalão do campeonato tunisino, segundo informou o director administrativo do Desportivo da Huíla, Ezequias Domingos.
O dirigente do grémio militar da  Região Sul, explicou que as saídas foram inesperadas, ao mesmo tempo inevitáveis e esses desfalques obrigam a direcção do clube a ir com emergência ao mercado, para tentar colmatar, com brevidade, as saídas de unidades que, até ao momento, faziam parte das contas da equipa técnica.
“O avançado Leonel já não faz parte da nossa equipa. Foi inevitável, apesar de o seu vínculo contratual não ter cessado ainda, terá de se negociar de modos a se encontrar uma solução, que beneficie as duas partes. Em relação ao Razaq, também já não poderemos contar com ele. Estamos no mercado, temos de colmatar essas saídas”, desabafou Ezequias Domingos.
No sentido contrário, Ezequias Domingos anunciou a chegada ao clube do guarda-redes Benvindo (ex-Santa Rita de Cássia do Uíge), que vem satisfazer o pedido do técnico Mário Soares, que pretende alargar o leque de escolha, levar e elevar a competitividade ao internacional angolano Lambito, titular da baliza.
Benvindo eleva assim para dois, o número de aquisições dos militares da Região Sul para a próxima temporada futebolística, depois de terem asse