Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Militares viram as baterias para o jogo do ttulo

Jorge Neto - 30 de Agosto, 2018

Fotografia: Benjamin Cndido | Edies Novembro

 

Depois da qualificação inédita para os quartos - de -final da Liga dos Clubes Campeões Africanos, a equipa do 1º de Agosto vira as suas atenções para o jogo da 30ª e última jornada do Girabola Zap, marcado para domingo a partir das 15h00, no Estádio 11 de Novembro, diante da formação do Kuando Kubango FC, desafio que para os agostino é decisivo para a conquista do tricampeonato.
Os militares dependem apenas de si, para festejarem  pela terceira vez consecutiva o título de campeão nacional, em função do ponto de vantagem que têm sobre o segundo classificado, o Petro de Luanda. Os jogadores estão motivados e determinados quanto à conquista do título, acresce o facto de conseguir  um bom resultado nas competições africanas, porém, reconhecem que são provas diferentes, pelo que toda a atenção é pouca.
Para o desafio, os rubro - negros contam com o grosso dos jogadores, excepto os lesionados, lateral esquerdo Natael, que não joga esta época, o extremo Nelson da Luz e o guarda-redes Neblú.
O técnico Zoran Maki admitiu, que os jogadores estão no máximo do seu esforço, em função do número elevado de jogos e viagens, num curto espaço de tempo, mas estão a ser bastante profissionais, daí, que esperam vencer o decisivo desafio com a formação do Kuando Kubango FC.
"A partir de quarta-feira, vamos começar a pensar que temos outra final no domingo, que queremos também vencer", disse o timoneiro sérvio na terça-feira, após a vitória sobre o Mbabane Swallows.O presidente de direcção, Carlos Hendrick, manifestou igualmente a sua crença no título, alicerçada no triunfo conseguido na competição africana.
"Com esta vitória (sobre  o Mbabane Swallows) com certeza que a equipa está mais motivada, devíamos trazer o título da Lunda- Norte, não foi possível, mas no domingo,  acho,  que vamos conseguir",  concluiu o dirigente agostino.


Dirigentes destacama qualificação da equipa

Os dirigentes desportivos destacaram a qualificação da equipa do 1º de Agosto para os quartos - de - final da Liga dos Clubes Campeões, consideram  um feito positivo para o futebol angolano e esperam  continuar nesse caminho. 
Carlos Hendrick, presidente de direcção do clube, disse estar mais tranquilo com a passagem e agradeceu o apoio da imprensa, na mobilização do público. 
"Neste momento, podemos dizer que estamos aliviados,  de facto, com esta situação. Nós queremos agradecer à imprensa, pelo trabalho que fez para que o povo viesse ao Estádio e fizeram com que durante o jogo se levantassem para apoiar a equipa do 1º de Agosto. Esperamos que nos quartos - de -final,  façamos um melhor resultado. Estamos emocionados com esta vitória,  nós dedicamos a todos àqueles aniversariantes do dia e espero,  que tudo corra bem", realçou visivelmente emocionado. 
Artur Almeida e Silva, presidente da Federação Angolana de Futebol (FAF), enalteceu a conquista dos militares, disse que se enquadra no que pretendem para o futebol nacional voltar a brilhar nas competições continentais. 
"Penso, que os quartos - de -final já está ao nosso alcance, é o futebol de Angola que está a relançar-se, e é isso, que nós pretendemos. Estamos muito satisfeitos com o trabalho que o 1º de Agosto e os clubes angolanos estão a fazer, no sentido de brilhar nas competições africanas,  como no passado.  O futuro é nosso. Vamos continuar a trabalhar, no sentido de que conquistas como estas, continuem nos próximos jogos", afirmou. 
O secretário de Estado dos Desportos, Carlos Almeida, felicitou o mérito dos bicampeões nacionais, que serve para aumentar o número de equipas nas provas da CAF.
"Parabéns ao desporto angolano e em particular ao futebol. Sabemos que esta passagem de fase vai permitir a qualificação de mais equipas nas competições africanas, se tudo correr bem", concluiu o antigo capitão da selecção de basquetebol. JN