Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Mundunduleno recebe aval positivo

07 de Fevereiro, 2017

Maquisardes voltam a jogar no seu estádio após o regresso no Girabola

Fotografia: Jornal dos Desportos

O estádio Jones Cufuna "Munduduleno", propriedade do FC Bravos do Maquis, está apto para albergar os jogos da presente época futebolística, assegurou hoje, Domingo, no Luena, o inspector da Federação Angolana de Futebol (FAF), Lauriano Nguendji. Em declarações à Angop, após inspeccionar o estádio, Lauriano Nguendji, manifestou-se convencido pelos trabalhos de manutenção do relvado e de reposição de algumas cadeiras nas bancadas.

Apesar disso, o inspector recomendou que se faça uma manutenção detalhada dos balneários públicos, pois, “não estão lá muito bem”. Por sua vez, o administrador do estádio, José Alfredo Chingango, manifestou-se satisfeito com a actividade inspectiva e prometeu cumprir com as recomendações deixadas pelo responsável do órgão reitor da modalidade no país.

Na senda das melhorias, informou que os assentos na bancada geral serão ampliados, sobretudo, no extremo sul do estádio, pois têm em stok mais três mil cadeiras para garantir substituição.

O estádio Mundunduleno do Luena possui 4.300 lugares e foi inaugurado em 13 de Novembro de 2006, pelo então ministro da Defesa Nacional, Kundi Paihama. O nome apelidado ao estádio (Jones Cufuna Mundunduleno) homenageia um antigo guerrilheiro e comandante do MPLA, na região leste do país.

Este palco oficial do FC Bravos do Maquis vai receber o primeiro jogo entre a equipa da Casa contra o Progresso da Lunda Sul, neste regresso dos “azuis e brancos” na maior montra do futebol angolano.