Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Nary regressa aos Palancas Negras

Paulo Caculo - 14 de Março, 2017

A selecção concentra-se na segunda-feira dia 20, no relvado adjacente ao Estádio 11 de Novembro, ao Camama.

Fotografia: Jornal dos Desportos

O médio Nary, do Kabuscorp do Palanca, é uma das novidades da lista de convocados  de Beto Bianchi, a ser divulgada nos próximos dias com vista o jogo da data FIFA, com a África do Sul, agendado para o dia 28 do corrente, em Blefoitan, no quadro da preparação para as eliminatórias de qualificação ao CAN de 2019, nos Camarões.

A última vez que integrou os convocados da selecção, foi em 2010, na altura chamado por Zeca Amaral. Nessa fase, Nary representava o Interclube, deu nas vistas pelas brilhantes exibições ao serviço da equipa da Polícia.A selecção concentra-se na segunda-feira dia 20, no relvado adjacente ao Estádio 11 de Novembro, ao Camama. O combinado nacional disputa o apuramento da próxima Taça das Nações , no Grupo I, ao lado das similares do Burkina Faso, Botswana e Mauritânia.

Na jornada inaugural, os Palancas Negras defrontam a Mauritânia em Junho do ano em curso, ao passo que o Burkina Faso joga com o Botswana. A anteceder os jogos do grupo, seis selecções africanas disputam  as preliminares: São Tomé e Príncipe - Madagáscar, Ilhas Comores - Ilhas Maurícias e Djibuti -Sudão do Sul.

Os 12 grupos de apuramento são constituídos pelas seguintes selecções: Senegal, Guiné Equatorial, Sudão e São Tomé e Príncipe/Madagáscar (A); Camarões, Marrocos, Malawi e Ilhas Comores/Ilhas Maurícias (B); Mali, Gabão, Burundi e Djibuti/Sudão do Sul (C); Argélia, Togo, Benim e Gâmbia (D); Nigéria, África do Sul, Líbia e Ilhas Seychelles (E); Gana, Etiópia, Serra Leoa e Quénia (F); Congo Democrático, Congo, Zimbabwe e Libéria (G); Costa do Marfim, Guiné Conacri, República Centro Africana e Ruanda (H); Tunísia, Egipto, Níger e Suazilândia (J); Zâmbia, Moçambique, Guiné Bissau e Namíbia (K) e Cabo Verde, Uganda, Tanzânia e Lesoto (L).


O Progresso da Lunda Sul, quarto lugar na época passada (2016), somou apenas um ponto em cinco jogos, fruto de quatro derrotas e um empate. Marcou apenas três golos e tem a terceira defesa mais batida com dez golos sofridos.

Antigo organizador de jogo da selecção nacional, sendo uma das unidades basilares do \"onze\" de Oliveira Gonçalves no Mundial2006, na Alemanha, Paulo Figueiredo, de 44 anos, assumiu o comando técnico do Progresso da Lunda Sul em Dezembro de 2016, substituindo Kito Ribeiro, actual treinador do Progresso do Sambizanga.