Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Ndunguidi e Jesus ganham homenagem

Hermnio Fontes - 19 de Fevereiro, 2012

Osvaldo Saturnino de Oliveira Jesus e Ndunguidi Gonalves Daniel

Fotografia: Jornal dos Desportos

A direcção do Complexo Turístico Weza Paradise homenageia hoje às 10h00 duas das maiores figuras do futebol angolano no pós-independência. Trata-se dos ex-atacantes Osvaldo Saturnino de Oliveira “Jesus” e Ndunguidi Gonçalves Daniel. A cerimónia, que é mais um reconhecimento pelos feitos e contributo que estes dois ex-atletas deram para o desenvolvimento e o engrandecimento do futebol angolano, acontece numa altura em que o país vive um momento de reflexão, depois da participação da Selecção Nacional no CAN.

O evento serve também para juntar, mais uma vez, a velha e a nova geração do futebol e não só, com a presença de ex-jogadores, como Keta, Chico Machado, Mendinho, Salvinho, Santo António, Jujú, Bento, Sabino, Queirós, Abel Campos, Nejó, Zeca, Vieira Dias, Caçule, Mané, Vissi, Degas, Chico Afonso e Miler Kata. Os presentes têm oportunidade de abordar as duas figuras, que falam da sua carreira, experiências, momentos altos e baixos, sucessos e insucessos. Enfim, um encontro de saudade.

A par desta homenagem, que tem como denominação “Palco das Recordações dos Futebolistas, em Recordar para Aprender”, os organizadores almejam estender o projecto a outras personalidades desportivas. Os reconhecidos nesta cerimónia estão também acompanhados por amigos mais próximos, familiares e críticos da praça futebolística nacional, para em conjunto recordarem os bons e maus momentos. Gaspar Neto, presidente do Conselho de Administração do complexo, afirmou ao Jornal dos Desportos que ao longo da cerimónia são exibidos alguns vídeos dos melhores momentos da carreira destes dois craques do nosso futebol.

Amigos e familiares de Jesus e Ndunguidi são também convidados a falar sobre a personalidade destas duas figuras que deram muitas alegrias ao futebol nacional. O antes e o depois da carreira é abordado pelos mais próximos. “Pretendemos exibir através de uma tela os grandes momentos para recordarmos e reviver instantes brilhantes da carreira destes dois monstros do futebol nacional no pós-independência. Com isso, planificamos marcar esta cerimónia pela positiva, pois as imagens quer do Jesus, como do Ndunguidi, trazem emoção a muito boa gente, assim como as entrevistas feitas a familiares e pessoas mais próximas”, confirmou.

Ao longo da sua carreira, Jesus conquistou pelo Petro de Luanda três títulos de melhor marcador do Girabola (1982, 1984 e 1985) e Ndunguidi, apesar do seu super talento demonstrado ao longo da carreira no 1º de Agosto, não logrou vencer nenhuma edição. A homenagem tem como suporte de animação musical a Banda Movimento, do grupo da Rádio Nacional de Angola, com participação especial dos cantores Matadidi Mário Bona Kitoco e António Paulino.

Amigos do Futsal
vencedor do torneio ENANA

A equipa Amigos do Futsal conquistou sexta-feira, no pavilhão anexo da Cidadela Desportiva, em Luanda, a terceira edição do torneio quadrangular em Futebol de Salão, fruto da vitória diante dos Professores da Igreja do São Domingos, por 10-9, após penalidades. A partida, no quadro da saudação do 32º aniversário da ENANA, assinalado a 13 de Fevereiro, registava no tempo regulamentar empate a quatro bolas. Os Amigos do Futsal, no primeiro dia da competição, quinta-feira, derrotaram a Unicarga por 7-0, e os Professores da Igreja de São Domingos venceram o Banco de Fomento de Angola por 8-4.Para o terceiro lugar, uma hora antes, no mesmo recinto, a Unicarga venceu o Banco de Fomento de Angola por 7-0.A edição passada foi ganha pela equipa do Banco BIC, que não participou nesta competição.

Organizada maratona para meninos de rua

A produtora CJP realizou ontem de manhã uma maratona em futebol de salão com as equipas do Staff das Estrelas, Caçulinhas do Marçal e Diamantes da CJ-Músicos do Rangel em infanto-juvenis, no campo da Igreja de São Domingos. A partida serviu para incentivar as crianças de rua e não só à prática do desporto, em particular o futebol de salão. Carlos José, criador da produtora, disse ao Jornal dos Desportos que essa iniciativa visa ajudar a sociedade, em particular as crianças de rua, a deixarem as práticas menos dignas.

“Trabalhamos com muita dedicação sempre que estamos a servir a sociedade. Ajudamos apenas as crianças, porque na nossa cidade ainda vemos muitos petizes que precisam de uma mão amiga, para os ajudar a caminhar nesta vida e mostrar que é preciso continuar a sonhar e lutar pelo mesmo sonho”, rematou. O responsável da iniciativa disse que gosta do trabalho que faz porque também já viveu na rua. “É bonito ver uma criança a sorrir e hoje mais uma vez estou contente porque o futebol não tem fronteiras. Eles jogaram e sentiram-se bem, vi que havia rapazes em campo a intitularem-se de Manucho Gonçalves, Lunguinha, Geraldo, Love Cabungula e Hugo Marques, jogadores do Girabola.

Isso mostra que muitos destes rapazes se inspiram nestes craques do nosso futebol. E quem sabe, talvez um dia lá consigam chegar, mas para isso precisam de alguém que os possa dirigir”, sublinhou. A CJP, com três anos de existência e um nesta empreitada, tem na sua programação muitos eventos, mas prima com maior realce o 1 de Junho, dia internacional da criança, para realização de mais eventos desportivos, com realce para o futebol. HF