Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

"O adversrio est ao nosso alcance"

Jorge Neto - 18 de Fevereiro, 2017

Massunguna incentiva os colegas e defende que dependem apenas de si para transporem amanh os ugandeses no jogo da segunda mo da primeira preliminar qualifitiva para liga

Fotografia: M.Machangongo

O capitão da equipa do 1º de Agosto, Dany Massunguna, afirmou  em conferência de imprensa no ex -RI 20, que a formação do Kampala City Council FC que é o adversário do jogo de amanhã, às 17h00, no Estádio 11 de Novembro, está ao alcance dos campeões nacionais.

 O experiente defesa militar revelou que em função daquilo que observou no Uganda, antevê uma partida difícil, ainda assim, estão em condições de fazer um bom desafio, à semelhança do que aconteceu em Kampala, e no final atingir o objectivo traçado, passar a eliminatória.

"O nosso dia tem sido normal e temos trabalhado da melhor maneira possível, conforme disse o mister. É um adversário forte, mas no jogo em Kampala houve momentos em que dominámos, mas galvanizaram-se com o apoio do  público. Dependemos apenas de nós, já que o adversário está ao nosso alcance", destacou.

Na qualidade de capitão de equipa, o camisola 5 disse que tem conversado constantemente com os companheiros,  referiu  "tenho dito aos colegas que está tudo em aberto, e tento transmitir calma para que eles se sintam bem, e não acusem a pressão", apontou.

Dany Massunguna destacou o entrosamento com os novos colegas do sector defensivo,  acredita que vai ser ainda melhor consoante os jogos que disputem ao logo da época.

"Para mim, está a ser fácil jogar com os novos colegas. A adaptação ou o entendimento com o Bobó está ser fácil, até porque ele gosta de ouvir e aprender. O mesmo digo acerca do Natael. Penso que em cada jogo que fizermos, o entrosamento será melhor", defendeu.

Endereçou um pedido aos adeptos, para se dirigirem ao Estádio 11 de Novembro, de formas a criar uma forte corrente de força, tal como o adversário teve no seu reduto.

"Peço ao público, que compareçam ao Estádio para nos ajudar a ganhar este jogo, à semelhança do apoio que o adversário teve em  casa. Esperamos que venham ao Estádio e nos apoiem como sempre têm feito, porque precisamos da vossa presença", concluiu.

Os campeões nacionais treinaram ontem, à tarde, no estádio 11 de Novembro, palco do desafio de amanhã, de modos a tomar contacto com o relvado. Na penúltima sessão de preparação para aprimorar os detalhes técnicos e tácticos do jogo.


ORGANIZAÇÃO
Ingressos estão à disposição do público


A direcção do 1º de Agosto colocou à disposição do público, vinte mil bilhetes para o jogo de amanhã, diante do Kampala City do Uganda, em que se espera boa assistência para apoiar o conjunto militar.

Meike Neves, director de Marketing e Comunicação do clube rubro - negro, disse ontem, em conferência de imprensa, no ex-RI20, que as condições estão criadas para a realização do desafio e aguarda apenas a adesão massiva dos adeptos.

"Os preços dos bilhetes são 250 kwanzas, o jogo será no domingo às 17h00, no Estádio 11 de Novembro. Os vinte mil bilhetes começaram a ser vendidos na quinta-feira, na sede do clube, e no domingo será comercializado no local do jogo", adiantou.

O Estádio 11 de Novembro tem capacidade de 50 mil espectadores, mas os campeões nacionais levaram em conta as questões de segurança do público, para evitar situações que possam perigar a integridade física daqueles que se deslocarem ao Município de Talatona.

O responsável pela comunicação institucional, da formação militar, justificou que o valor estipulado é para que seja acessível a todos os adeptos interessados.

"Os preços têm esse preço para que o público apareça no campo, porque precisamos do apoio de todos,  achamos que esse preço serve os nossos objectivos.

Contámos também com o apoio de outros clubes, por exemplo do Petro, Sagrada Esperança, porque é uma equipa angolana que vai jogar e a representar o país", recordou.

Meike Neves anunciou que "as portas serão abertas a partir das 12h00,  peço aos adeptos que cheguem o mais cedo para que possam desfrutar daquilo que é o espectáculo de futebol", finalizou.             
JN