Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Olhos na outra fase

Jorge Neto - 24 de Agosto, 2019

Militares encaram o jogo da segunda mo diante da formao da Tanznia com a mxima concentrao para evitar surpresa

Fotografia: Foto cedida ao clube

Carimbar o passe para a eliminatória seguinte é o objectivo da equipa do 1º de Agosto no desafio desta tarde às 17h00, no estádio 11 de Novembro, diante da formação do  Kikosi Maalum Cha Kuzuia Magendo FC do Zanzibar, referente a segunda mão de acesso à fase de grupos da Liga dos Clubes Campeões Africanos.
Em vantagem de duas bolas conseguida em casa do adversário, o campeão nacional encara este jogo com a mesma determinação para repetir o feito diante do seu público e para não serem surpreendidos, os militares esperam manter a prontidão.
O técnico adjunto dos rubro negro, Ivo Traça, revelou ontem no RI/20, em conferência de imprensa, de lançamento do jogo que a equipa está consciente das suas responsabilidades. Por isso, não vão relaxar e esperam voltar a vencer. 
"Preparamos o desafio com o KMKM, uma equipa que já conhecemos. Sabe jogar, mas muito embora termos ganho por 2-0, não podemos relaxar e pensamos apenas em vencer e seguirmos em frente", afirmou optimista numa boa prestação.
O auxiliar de Dragan Jovic abordou ainda os aspectos positivos do adversário e garantiu que foram acautelados na preparação durante os dias que antecederam o desafio desta tarde, de modos a evitar qualquer tipo de contratempo.
"Vamos ter que nos empenhar a fundo aqui para podermos ganhar o jogo e passarmos a eliminatória. Como disse, é uma equipa que sabe jogar, gosta de ter posse de bola, tem critério de jogo, então trabalhamos bem esse jogo na medida em que também já conhecemos bem a equipa do KMKM", sublinhou Ivo Traça.
Depois do afastamento prematuro na edição passada, diante da formação do AS Otôho do Congo Brazaville, os militares ambicionam voltar a dar alegria aos seus adeptos, indo o mais longe possível, nesta competição. "O grande objectivo é esse, dar alegria aos nossos adeptos", destacou.
"Acredito que estamos em condições de fazer uma boa campanha na competição africana. Antes de entrar na fase de grupos, o objectivo é ganharmos as duas eliminatórias que temos pela frente, a começar por esta que vamos fazer no sábado e depois esperarmos a próxima eliminatória que poderá sair de uma equipa da África do Sul ou do Zimbabwé", concluiu o antigo médio militar.

DESFALQUE
Quatro ausentes de "luxo"

Quatro jogadores influentes do 1º de Agosto vão falhar hoje a recepção a formação do Kikosi Maalum Cha Kuzuia Magendo FC do Zanzibar. Tratam-se dos médios Ary Papel, Ibukun, Buá e do avançado camaronês Lionel Yombi, que falham a convocatória do técnico Dragan Jovic, por não recuperarem a tempo de defrontar o KMKM.
Com a eliminatória praticamente assegurada, a equipa médica em consonância com os técnicos decidiram manter os atletas fora desta partida, apesar de estarem consciente que não existem jogos iguais. Ainda assim, o potencial e a qualidade dos planteis garante uma certa tranquilidade.
Os quatro jogadores foram poupados no sentido de evitar força-los neste desafio, de modos a recuperarem sem pressão, para estarem em plenas condições físicas para os próximos jogos. Sem desprimor para os colegas, este quarteto nos sectores em que actuam são bastante influentes. Na última terça-feira, os médios Ary Papel e Ibukun não terminaram o desafio diante do Desportivo da Huíla, referente a segunda jornada do Girabola Zap. O camisola 30 teve uma hemorragia nasal, como consequência de um choque contra um adversário, enquanto o nigeriano sofreu uma rotura na coxa direita.
Lionel Yombi também saiu lesionado do jogo contra os huilanos, ao passo que, Buá recupera de algumas limitações físicas. Para este desafio, o técnico sérvio Dragan Jovic convocou os seguintes 18 jogadores:
Tony Cabaça, Neblu, Dany Massunguna, Bobó, Paizo, Isaac, Macaia, Catraio, Nelson da Luz, Zito Luvumbo, Kila, Mabululu, Cirilo, Mongo, Natael, Melone Dala, Jó, Mário.