Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Palancas idealizam " operao Gmbia"

26 de Agosto, 2019

A Seleco Nacional comea no prximo dia 6 a esboar estratgia para a caminhada ao Qatar 2022

Fotografia: Contreiras Pipas

A Selecção Nacional de Honras dá inicio no dia 2 de Setembro, às 16h00, no campo da Academia de Futebol de Angola (AFA), ao ciclo de preparação com vista o jogo com a Gâmbia, que está agendado para dia 6 do mesmo mês, no Independence Stadium, em Banjul, referente à primeira mão da pré-eliminatória de acesso ao Mundial de 2022, que se realiza entre os dias 21 de Novembro e 19 de Dezembro, no Qatar.
Os 24 jogadores seleccionados pelo técnico Pedro Gonçalves, concentram-se um dia antes, no Hotel Samba, os treinos devem decorrer de forma alternada, entre o Morro Bento e o relvado do anexo ao Estádio 11 de Novembro, dois locais solicitados pela direcção da Federação Angolana de Futebol (FAF) para acolher os ensaios dos Palancas Negras. De formas a evitar que situações anómalas acontecem,  que possam comprometer a preparação da selecção, o nosso jornal apurou que o órgão reitor do futebol nacional antecipou-se no contacto com as direcções dos dois recintos, com o objectivo de solicitar a disponibilidade dos mesmos, para os treinos. Durante a fase de preparação para os dois embates com os escorpiões gambianos, a Selecção Nacional vai trabalhar  no período da tarde, a partir das 16h00, com treinos alternados entre o relvado adjacente ao 11 de Novembro e o campo da AFA. Consta, igualmente, da programação da selecção, um ensaio no interior do Estádio principal, no próximo dia 4 de Setembro. Os Palancas Negras já estiveram uma vez nesta maior cimeira do futebol mundial, na prova que a Alemanha acolheu, em 2006, sob orientação do angolano Oliveira Gonçalves, vão cruzar com a modesta selecção da Gâmbia, que é considerada uma das 27 piores classificadas no ranking da FIFA. Apesar de colocar-se muito abaixo das selecções melhores cotadas, o futebol gambiano está a registar um crescimento, fruto do enorme investimento na competição doméstica e na aposta em jovens talentos provenientes do futebol europeu. A recente vitória infligida à selecção de Marrocos, em jogo particular, que se disputou em Marakech, é prova evidente da evolução em curso nos \"Escorpiões\".

CONVOCADOS
O Seleccionador interino da Selecção Nacional de honras, Pedro Gonçalves, convocou 24 jogadores e a maioria dos eleitos, o realce recai para as chamadas de Zito Luvumbo, avançado do 1.º de Agosto e Fábio Abreu, proveniente do Moreirense de Portugal. A convocatória é dominada por jogadores do campeão nacional, com sete presenças, seguido do Petro de Luanda, com cinco jogadores.Foram chamados, Tony Cabaça, Ndulo, Landu (guarda-redes), Bastos, Eddie, Nandinho, Isaac, Dany, Núrio, Paizo, Wilson (defesas), Além, Fredy, Herenilson, Macaia, Show, Yano, Mabululu, Fábio Abreu, Geraldo, Mateus Galiano, Vá, Wilson Eduardo e Zito Luvumbo (avançados). Angola vai disputar uma das 14 vagas, da fase das eliminatórias, cujos vencedores vão  juntar-se às 26 selecções isentas da primeira fase, que vão ser sorteadas para a fase de grupos. Ou seja, ao todo serão 40 selecções a disputar a segunda fase de qualificação ao Mundial de 2022, divididas em dez grupos de quatro selecções cada e vão jogar entre si durante seis jornadas, entre casa e fora.