Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Palanquinhas defrontam senegaleses

VALDIA KAMBATA - 07 de Março, 2019

Seleco Nacional de Sub-17 tenta vitria depois da derrota (2-1) diante do Montenegro

Fotografia: Jornal dos Desportos

A Selecção Nacional de futebol em Sub-17 defronta hoje, às 14h00 de Angola, no novo Estádio de Antalya, a sua similar do Senegal, jogo referente à segunda jornada do Torneio Internacional de Desenvolvimento, que decorre na cidade de Antália - Turquia, desde sexta-feira até ao dia 10 do corrente.
O seleccionador Paulo Gonçalves considera a selecção do Senegal um adversário forte e que tem revelado todo o potencial nas competições envolvidas, para além da Nigéria, que é a melhor de África na categoria de Sub-17.
Na primeiro jornada, o combinado nacional perdeu na estreia com o Montenegro, por 2-1, o tento de honra foi apontado por Capita.
Para a terceira e última ronda, a Selecção Nacional mede forças com a congénere da Nigéria, no sábado dia 9, no mesmo horário dos desafios anteriores.
O torneio conta com equipas de três continentes: Angola, Camarões, Guiné, Marrocos, Nigéria, Senegal, Tanzânia e Uganda, da Confederação Africana de Futebol (CAF; Austrália pertence à Confederação Asiática de Futebol (AFC), a Bielorrússia, Montenegro e Turquia, representam a UEFA.
A competição é organizada pela União das Federações Europeias de Futebol (UEFA), em parceria com a Confederação Africana da modalidade, que visa partilhar conhecimentos e melhores práticas, oferecer assistência às confederações irmãs da UEFA e às suas federações filiadas.
Pedro Gonçalves tem à disposição, os seguintes jogadores: Giovani, Cambila, Afonso, Pablo, Domingos, Capita, Jinguba, Abdul, Netinho, Jeremias, Gegé, Tony, Rivaldo, Nuno, Beny, Maestro, Dimba, Cokombonge, Cláudio Francisco e Euclides Júnior.
 O objectivo de Angola, no evento, é preparar o Campeonato Africano das Nações (CAN) que se disputa de 14 a 28 de Abril, em Dar es Salaam, Tanzânia, onde está enquadrada no Grupo A, ao lado da anfitriã Tanzânia, Uganda e Nigéria.