Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Paulo FC do Dande gere Aucareira

Augusto Panzo, Cacuaco - 23 de Maio, 2019

O campo da Aucareira esteve mais de trs anos abandonado

Fotografia: Jornal dos Desportos

A Associação Provincial de Futebol do Bengo (APFB) encarregou a direcção do Paulo FC do Dande no sentido de gerir o campo da Açucareira,  para que passe a utilizá-lo como seu reduto em jogos caseiros, soube o Jornal dos Desportos, do presidente do órgão reitor do desporto-rei local, Francisco Paulo Kizembe.
De acordo com Adão Kizembe, esse acto visa aliviar a sobrecarga que o Estádio Municipal do Dande tem vindo a sofrer, em função do número de sessões de treino, bem como de jogos que este último recinto alberga, tanto os de carácter oficial como não oficiais.
“Com a entrega do campo da Açucareira à gestão da equipa do Paulo FC do Dande queremos aliviar a sobrecarga que a relva do Estádio Municipal do Dande tem sofrido. Como é de conhecimento geral, este Estádio é utilizado para treinos e jogos por parte das equipas do Domant FC de Bula Atumba e do Paulo FC,  que constitui muita carga, se tivermos em conta que a relva precisa de algum descanso, para a devida manutenção”, disse.
Por sua vez, Custódio Manuel, director para a comunicação e imagem do Paulo FC do Dande, clube a quem vai ser adjudicada a gestão do recinto, mostrou-se satisfeito com a iniciativa, visto que para além de aliviar a sobrecarga do Estádio do Dande, vai permitir, igualmente, que as camadas de formação da equipa passem a trabalhar sem constrangimentos.
“É uma boa iniciativa, porque a equipa tinha limitações de tempo do trabalho, visto que repartíamos os dias de treinos com a equipa do Domant FC. Com essa entrega do campo da Açucareira, isso, vai aliviar-nos muito, porque assim as nossas equipas dos escalões de formação também podem trabalhar no mesmo recinto e sem limitações”, afirmou.
O campo da Açucareira esteve mais de três anos abandonado, razão pela qual perdeu o  brilho e sofreu alguns danos materiais, já repostos conforme garantia feita pelo responsável da comunicação e imagem daquele grémio desportivo.
“Como se sabe, depois do campo ser abandonado, passou por uma elevada degradação, as chapas foram arrancadas, a relva desapareceu, a água deixou de jorrar. Felizmente, nós fizemos um grande esforço e recuperámos tudo isso. O campo já apresenta uma nova imagem”, garantiu.  
Construído em meados de 1960, no âmbito social, o campo da Açucareira foi pertença da companhia do mesmo nome, serviu para a realização de jogos de diversão dos trabalhadores da referida empresa. O recinto serviu como \"casa\" do Kafanda FC do Bengo e do Domant FC de Bula Atumba, até 2012, para a alta competição.