Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Pel comanda seleco no CHAN

Paulo Caculo - 18 de Julho, 2019

Fotografia: Jornal dos Desportos

A Selecção Nacional de futebol em honras formada por alguns olímpicos  concentra-se amanhã, às 19h00, no Hotel Samba, para  o início dos trabalhos de preparação com  vista o jogo do dia 28 do corrente, com a sua congénere de E-Swatini (ex-Swazilandia), referente à segunda e penúltima eliminatória de acesso ao Campeonato Africano das Nações (CHAN) de 2020, nos Camarões.
Grande parte dos convocados foram chamados à última hora, para substituir os indisponíveis que representaram os Palancas Negras no CAN do Egipto,  a iniciativa da Federação visa proporcionar experiência e endurece competitivas aos jovens jogadores. O conjunto nacional trabalha no sábado e domingo, nos Coqueiros, segue viagem na próxima segunda-feira para a África do Sul, onde deve efectuar um curto estágio de três dias, antes de seguir para o palco do jogo com os swatinis.
Em terras sul-africanas, o combinado nacional deve realizar um ou dois jogos amigáveis, com objectivo de testar o entrosamento e ritmo competitivos.
O seleccionador Silvestre “Pelé” convocou os seguintes atletas:
Edi Afonso, Wilson, Manguxi, Caranga e Dani (Petro de Luanda), Mário, Cirilo e Jó (1º de Agosto), Jared, Paty, Hito, Kinito, Pedro e Coxe (Interclube), Emilson, Ndulu e Sidney (Desportivo da Huíla), Almeida, Higino e Simão (Sagrada Esperança), Aison (Recreativo da Caála), Lando e Chico (FC Bravos do Maquis) e Yano (Progresso do Sambizanga).
Integram a equipa técnica,  os adjuntos Love Cabungula e Daniel Muemba “Chila” (técnico de guarda-redes) e os técnicos de equipamento Pedro Quifucussa “Mampela” e Raimundo Ngongue “Barbosa”, ao passo que Agostinho Costa é o médico e George Miguel e Felisberto Direito são  fisioterapeutas.
O jogo de resposta acontece a 4 de Agosto, às 16h00, no Estádio 11 de Novembro.
O CHAN é um torneio organizado pela CAF, que é disputado entre selecções constituídas só por atletas que militam nos campeonatos nacionais dos respectivos países.

PRÉMIOS
Questões relativas a atrasos na entrega dos respectivos ibans das contas, estão na base da não conclusão do pagamento dos prémios de qualificação ao CAN  que decorre no Egipto,  aos jogadores da Selecção Nacional. Apurou ontem,  o Jornal dos Desportos,  de uma fonte da Federação de futebol.
Segundo consta, a FAF optou por dar prioridade aos atletas que estiveram a jogar a Taça das Nações no Egipto e, apenas agora, está a tratar de ressarcir os restantes jogadores.
 “Faltam apenas seis jogadores e alguns elementos da equipa técnica para serem pagos. Estamos com dificuldades de receber os ibans. A equipa técnica ainda não foi paga. A Federação garante estar a dar prioridade aos jogadores e de seguida ao corpo técnico que esteve envolvido na eliminatória de apuramento ao CAN”, disse a mesma fonte.
Segundo ainda a mesma fonte, não existem problemas de dinheiro, pois,  já está disponível no banco. O problema, refere, prende-se apenas com os atletas, que tardam a entregar os respectivos ibans das suas contas bancárias.