Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Petro testa com o Nacional

Paulo Caculo - 25 de Janeiro, 2017

Tricolores agendam mais três jogos antes do fecho do estágio

Fotografia: José Soares

O técnico do Petro de Luanda, Beto Bianchi, volta a avaliar esta quarta-feira à tarde, em Benguela, o ritmo competitivo dos jogadores, durante um jogo amigável com o Nacional de Benguela da segunda divisão local, enquadrado no estágio pré-competitivo de preparação para o Girabola e a Taça de Angola da época 2017. 

Durante o jogo, em que se prevê avaliar igualmente a movimentação colectiva da equipa, e individual dos jogadores, assim como o entrosamento do conjunto, o técnico brasileiro ao serviço dos tricolores deve aproveitar também para tirar ilações sobre a interpretação táctica do grupo.

Tal como fez questão de sublinhar ontem, a conversa com o Jornal dos Desportos, o treinador garante estar preocupado em saber se os fundamentos técnicos e tácticos que procura interiorizar nos ensaios da equipa estão a ser muito bem interpretados pelos jogadores.

O treinador aplaude, por outro lado, os níveis de concorrência no plantel. Enaltece o facto de haver mais jogadores para cada uma das posições da equipa, facto que confessa ter sido um problema na época passada, pela escassez de opções.

Beto Bianchi esclareceu, que durante o estágio em Benguela, que aposta na realização de treinos bi - diários, alterna os exercícios físicos com os ensaios tácticos ou trabalhos com bola.

Com este modelo de trabalho, o técnico pretende deixar a equipa e os jogadores nos níveis de preparação desejados, que têm a ver com a repetição dos êxitos alcançados na época passada, em que ficou na segunda posição.

"Estamos a utilizar, os jogadores em cada uma das metades dos jogs. Dividimos o plantel em duas equipas, e cada uma faz 45 minutos. Com isso, é possível avaliar todos os atletas e trabalhar melhor a parte física e táctica. Os jogadores estão e evoluir de nível, independentemente dos resultados. O que mais importa para mim, é o ritmo dos jogadores e os conceitos tácticos", assegurou o técnico do Petro.

De resto, depois deste jogo de amanhã com o Nacional de Benguela, a equipa testa no sábado à tarde com o Atlético na terça-feira, dia 31. A equipa regressa na quarta-feira a Luanda.