Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Porcelana e Domant FC lutam pela 2 posio do Zonal de Apuramento ao girabola

Augusto Panzo - 04 de Setembro, 2010

Zonal de Apuramento ao Girabola movimenta alguns campos do pas

Fotografia: Jornal dos Desportos

A partida entre o Porcelana do Kwanza-Norte e o Domant do Bengo, referente à Série A, a ser disputada hoje, às 15h00, em Ndalatando, constitui a maior atracção da oitava jornada do Zonal de Apuramento ao Girabola’2011. Trata-se de um jogo cujo vencedor pode assegurar, de forma isolada, o segundo lugar da tabela classificativa, razão pela qual se aguarda por uma total entrega das duas equipas, o que por si só cria muita expectativa.

A formação do Kwanza-Norte, que é a quarta classificada do momento, com sete pontos, joga na condição de anfitriã e tem a seu favor duas razões fundamentais para mostrar a sua bravura. A primeira, prende-se com o facto de vir de duas derrotas consecutivas, o que a pode tornar numa fera difícil de abater, sobretudo porque o jogo se realiza no seu reduto. O segundo motivo prende-se com a determinação que este conjunto possa demonstrar, em função da ínfima diferença pontual entre as duas equipas (7/9), o que vai obrigar a formação da “Cidade Jardim” a empenhar-se afundo para conseguir os três pontos.

A acontecer, o Porcelana FC passaria a somar 10 pontos, deixando para traz os actuais concorrentes Domant FC, com quem joga esta tarde, e Baixa de Cassange, ambos com nove pontos. Pelo contrário, em função da necessidade de assegurar, isolado, o segundo lugar da tabela, o Domant FC vai se bater para contrariar o favoritismo do adversário, pois, só os três pontos lhe interessam, o que faz prever uma luta titânica esta tarde, no campo dos Denizes.

Para complemento dos jogos desta série, o Benfica de Cabinda recebe, às 15h30 de hoje, no Estádio do Chiazi, o Progresso do Sambizanga, líder isolado da competição, numa partida em que, apesar de jogar fora do seu reduto, a formação de Luanda tem tudo a seu favor, e pode alargar a vantagem para 12 pontos sobre os seus perseguidores. Entretanto, por força de calendário, e por desistência do Ritondo de Malange, as equipas do Baixa de Cassange e Norberto de Castro observam folgas nesta ronda, o que deixa o conjunto malangino com poucas hipóteses de se manter em segundo lugar.

Na Série B, a atenção vai para o derby benguelense, que opõe o Nacional de Benguela à Académica do Lobito, uma partida a desenrolar-se às 15h30 de hoje, no Estádio do São Filipe, e em que as hipóteses estão totalmente repartidas. À mesma hora, o Recreativo do Seles recebe, em casa, o 1º de Maio de Benguela, o líder do grupo, enquanto, no Estádio das Cacilhas, o Benfica do Huambo defronta a equipa do 17 de Maio de Benguela.

                                   
Torneio movimenta crianças no Cazenga

A quinta jornada do torneio de futebol de Sub-12, denominado “Taça Libertadores do Areias”, começa hoje, às 12h30, no campo do Areias, na comuna do Tala Hady, em Luanda, com o destaque a recair para o desafio Lopingas FC-Terra Nova. O conjunto do Lopingas FC e a Terra Nova partilham o primeiro lugar da classificação geral, com cinco pontos cada. Para a mesma ronda, o Grémio do Amor enfrenta os Piôs do Man Cola.

Para a vSérie B, que se disputa, amanhã, no mesmo recinto, o Al Ahly, do Cazenga, joga com o Estrelas do Futuro. Noutro jogo da jornada, os Piôs do Tunga defrontam o Estrela da Margol, enquanto o Atlético Beco 3 joga diante dos Piôs da Pracinha. O Al Ahly lidera a tabela classificativa da Série B, com 10 pontos, ao passo que os Piôs da Pracinha são o “lanterna vermelha”, com três.

Nesta primeira fase, a competição está a ser disputada no sistema de todos contra todos a uma volta e qualificam-se para a segunda parte da prova os dois primeiros classificados de cada grupo. As formações apuradas jogam no sistema cruzado para se encontrar os finalistas do torneio. 
            
                                                António Cristóvão

Organização da Taça Zé Dú
considera positiva edição´2010

A disputa da edição 2010 da “Taça Zé Dú/Gira Jovem” superou os níveis competitivos das edições anteriores. Quem o diz é António Filipe “Prata”, 1º secretário do Comité Comunal da JMPLA do Futungo de Belas, membro da equipa organizadora. O responsável da associação juvenil do MPLA, que falava em jeito de balanço no quadro do encerramento das actividades desportivas realizadas pelo Comité que encabeça, em alusão às festividades do 68º aniversário do Presidente da República, sublinhou o enorme engajamento dos jovens do bairro na realização do torneio.

“Podemos dar-nos por satisfeitos, sobretudo por termos sentido que os níveis competitivos do torneio foram superiores aos observados em 2009”, disse Filipe Prata, considerando positivo o balanço da “Taça Zé Dú/Gira Jovem”. “O balanço é positivo, porque as equipas, quer no campo técnico e desportivo, quer no disciplinar e organizativo, apresentaram-se muito bem e tudo correspondeu às nossas expectativas. Tivemos cerca de 400 jovens, que ajudaram a dar outro colorido ao nosso torneio”, acrescentou.

Objectivos
O principal responsável da JMPLA no Futungo de Belas mostrou-se, igualmente, satisfeito pelo facto de a equipa que dirige ter cumprido os objectivos traçados para a organização da edição 2010 da prova. Apesar de lamentar a fraca presença de patrocinadores, Filipe Prata afirmou que os objectivos foram alcançados.

“Fomos capazes de cumprir com as nossas actividades, cumprimos igualmente com o objectivo de sensibilizar os jovens a evitarem a prática de actos criminosos, como a delinquência juvenil e o abuso do álcool”. A intenção da criação da “Taça Zé Dú/Gira Jovem”, segundo o 1º secretário comunal da JMPLA no Futungo de Belas, visou a promoção de actividades desportivas que ajudem na ocupação dos tempos livres da juventude do bairro.  

                                                                                      Paulo Caculo