Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Profissionais da classe unidos pelo desporto

Paulo Caculo - 19 de Abril, 2018

Os profissionais dos Órgãos de Comunicação Social disputam desde o dia 3 de Fevereiro, a primeira edição do «Torneio Comunicação Social»,  em futebol de salão. A prova conhece o epílogo no dia 28, altura que acontece a disputa da final, entre a RNA e o CIAM e a discussão do terceiro e quarto lugares, entre as equipas da TPA e da Nova Gazeta.  

António Mascarenhas, coordenador e mentor do projecto, esclareceu ontem ao Jornal dos Desportos as razões que motivaram a «velha casa» de imprensa a organizar um torneio de futebol de salão, com suporte institucional do Ministério da Comunicação Social e que contou com a participação de 16 equipas, representativas dos distintos órgãos de comunicação públicos e privados. 

\"Na verdade, de um tempo à esta parte, realizávamos torneios entre algumas equipas da comunicação social e dado o número de empresas interessadas em fazer parte dos jogos, chegamos a uma altura em que decidimos que podíamos realizar a primeira edição do torneio da Comunicação Social. Nessa altura, sentimos que havia vontade de todos participarem na prova, desde privados e estatais”, esclareceu o director geral do CIAM. 

“Gostaríamos, que o torneio fosse disputado por muitas mais empresas,  apareceram 16 na primeira reunião técnica que realizámos. Depois desta reunião, sentimos o interesse de outras empresas, de participar no evento, razão por que acreditamos que na próxima edição do torneio o número de equipas deve aumentar. É um torneio que surgiu, também, com o propósito dos profissionais da classe estarem juntos, recrearem, confraternizarem e divertirem-se, num ambiente   alegre, bonito, de amizade e cordialidade, fora do que são as nossas actividades normais nas redacções\", afirmou. 

De acordo com o também director -geral do CIAM, quando se propôs ao ministro da Comunicação Social, João Melo, a ideia de organização do torneio, a reacção não se fez esperar,  o titular da pasta incentivou a iniciativa e em seguida prestou todo o suporte necessário e imprescindível para a concretização do evento. 

\"Nada seria possível, sem o papel determinante desempenhado por sua excelência o senhor ministro, que deu um grande suporte ao torneio. Não pode marcar presença na cerimónia de abertura, por razões profissionais,  indicou o director do Gabinete de Comunicação Institucional do Ministério, o senhor Eduardo Magalhães\", acrescentou. 

\"O grande objectivo deste torneio, é o de unir  mais a classe de profissionais da comunicação social, sem qualquer distinção. Sabemos que sempre partilhamos experiências,  no capítulo profissional, mas precisávamos de partilhar outros momentos, fora do ambiente das nossas redacções. Foi assim, que pensamos  realizar este torneio da comunicação social, a primeira edição esteve sob a coordenação do Centro de Imprensa Aníbal de Melo. Temos o desejo de realizar o torneio anualmente, a  comissão reuniu e decidiu que a segunda edição seja coordenada pela TV Zimbo\", esclareceu António Mascarenhas.

 Segundo ainda o coordenador da primeira edição do Torneio da Comunicação Social ,são enormes as expectativas em relação à final, a disputa do terceiro e quarto lugares e a cerimónia de encerramento da prova. Destacou que está tudo a ser devidamente preparado, para que todas as equipas participantes e instituições intervenientes sejam premiadas, com troféus e certificados de participação.  

\"É assim, que entre os jogos para a decisão do primeiro, segundo e quarto classificados, vai haver um jogo de futebol de salão feminino, entre as equipas do Grupo Desportivo do Exército e a equipa do GD da Clínica Sagrada Esperança, como forma de incentivar a prática do futsal,  a nível da comunicação social\", disse. 

António Mascarenhas destacou o grande contributo do Ministério da Comunicação Social, das direcções dos diferentes Conselhos de Administração, direcções das empresas tutelas pelo Ministério da Comunicação Social e das empresas privadas de comunicação social, que marcaram presença no acto de abertura do torneio. 

\"Agradecer igualmente a colaboração da Associação Provincial de Futsal de Luanda, que nos cedeu os árbitros para apitarem os jogos e nos prestou todo o apoio técnico\". 

A cerimónia da final do torneio vai ser animada por um momento cultural, a ser protagonizado por alguns músicos dos órgãos de comunicação social, na quadra de jogos Manuel Berenguel. O jogo da final agendado para 28 de Abril deve ser antecedido de dois outros desafios. O momento, da entrega de prémios das equipas, enquadra-se nas comemorações do 3 de Maio, Dia da Liberdade de Imprensa.