Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

RNA vence Taa Cnego Apolnio

Paulo Caculo - 22 de Janeiro, 2017

A equipa da RNA conquistou ontem o torneio de Futsal

Fotografia: Jornal dos Desportos

A equipa da RNA conquistou ontem o torneio de Futsal disputado na quadra de jogos do Centro de Produção da TPA, ao derrotar a formação do CIAM por 5-2, em jogo da final de prova organizada em homenagem aos 25 anos de sacerdócio do cónego Apolónio Graciano, a assinalar-se no próximo dia 26 de Janeiro.

Basta dizer que diante de um adversário que apesar de não ter virado cara à luta mostrou-se impotente para travar o ímpeto ofensivo, os radialistas não tiveram grandes dificuldades para confirmar o ligeiro favoritismo que lhes era atribuído  na partida.

O domínio avassalador da Rádio esteve em maior evidência nos primeiros vinte minutos, período em que decorridos um quarto de hora já venciam por 4-0. A verdade é que a equipa do CIAM sempre procurou sacudir a enorme pressão a que esteve sujeito nos instantes iniciais, mas faltava quase sempre arte e engenho as jogadas para traduzir em golos as situações de ataque.

Na segunda parte a turma da rádio continuou a mandar no jogo, mas o futebol dos homens de imprensa melhorou de produtividade, tendo a equipa liderada em campo pela qualidade de jogo do antigo internacional angolano e campeão de sub-20, Dedas, chegado mais vezes a baliza contrária.

A RNA chegou à final após vencer a TPA por 4-3, ao passo que o CIAM não teve dificuldades em ultrapassar a formação da Paróquia de São Carlos Lwanga, por 9-5. Na disputa pelo terceiro e quarto lugares, levou a melhor a equipa da TPA, ao derrotar a equipa da Paróquia, por contundentes 9-4.

No final da prova foram premiados com troféu, entregues pelo Cónego Apolónio Graciano, figura homenageada, o melhor marcador, Mário Nogueira, da Rádio Nacional, a equipa fair- play, Paróquia de São Carlos e o Guarda- redes menos batido, Justino Mariano. A rádio arrebatou o troféu maior do torneio, enquanto o CIAM ficou com o segundo lugar.

Estiveram presentes na cerimónia administradores da televisão pública de Angola e da rádio nacional de Angola.   


25 anos de sacerdócio
“Reconhecimento sincero”


O cónego Apolónio Graciano não escondeu a enorme satisfação pela iniciativa que tiveram os clubes em disputar um torneio em homenagem aos seus 25 anos de sacerdócio.

"Esta homenagem representa o reconhecimento de um trabalho de longos anos, mas também o carinho da sociedade, que pude plantar ao longo destes anos. Hoje pude sentir que sou muito acarinhado pelo meu povo. Sinto que devo continuar firme na fé e no compromisso que tenho de levar as mensagens fé nos corações das pessoas. Esta é a minha missão e considero que Deus está a falar continuamente comigo", disse.

O homenageado confessou, por outro lado, que depois deste torneio pode sentir que se sente um filho querido do povo, da pátria e da igreja, na medida em que o reconhecimento das equipas de futebol permitiu confirmar isso.

"Pude sentir que o reconhecimento deste povo é sincero. Os vinte e cinco anos de sacerdócio representam muitas alegrias e de tristezas também", acrescentou Cónego Apolónio Graciano.Por outro lado, Antônio Mascarenhas, justificou a organização do torneio com o facto de Cónego Apolónio Graciano fazer parte do leque de palestrantes do CIAM, que sempre dedicou parte do seu saber e disposição as actividades da instituição.