Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Santa Rita FC perde em casa

23 de Outubro, 2017

O Santa Rita no pode queixar-se da derrota.

Fotografia: Paulo Mulaza| Edies Novembro

De um modo geral, a derrota permitida, no estádio 4 de Janeiro, pelo Santa Rita FC, diante do 1º de Maio de benguela, por 0-2, em jogo da 28ª jornada do Girabola-Zap/2017, demonstra sinais de que a equipa  não tem futuro e que a presença no Girabola é de mero animador.
Num jogo caracterizado pelo ténue equilíbrio inicial o Santa Rita FC teve os primeiros três minutos preso nos seus movimentos, mas percebendo-se da importância dos três pontos em causa, ainda tentou libertar-se no jogo e passou a jogar com convicção, até a cada momento, sofreu os golos apontados pelo 1º de Maio, sem contestação.
Os forasteiros tentaram mostrar, quer na primeira, quer na segunda partes, que não iriam à conversa; procuraram dar a ver que descobriram posições privilegiadas à entrada da grande área dos caseiros, colocando muitas vezes a bola em zonas de golo onde, porém, os avançado só não ampliaram por falhas.
Por esta razão, o treinador do 1º de Maio revelou-se contente com a acutilância dos seus jogadores, aos quais passou a mensagem de que ao longo do jogo tinham, de neutralizar o que os donos da casa idealizavam.
Significa que a  equipa proletária foi ao Uige pronta para uma avalanche ofensiva, em todos os sectores, em que se viram, como se diz, bons tocadores de piano, o que, de resto favoreceu derrotar a equipa da casa. O Santa Rita não pode queixar-se da derrota.