Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Santana tenta sorte

Augusto Panzo - 13 de Janeiro, 2015

Santana Carlos, melhor marcador do Girabola 2008, faz parte Domant FC

Fotografia: Jornal dos Desportos

O goleador Santana Carlos, melhor marcador do Girabola 2008, faz parte do elevado número de “girabolistas” que tentam a sorte na equipa do Domant FC de Bula Atumba, com o propósito de representar e ajudar a equipa do Bengo no seu baptismo.

O Jornal dos Desportos esteve presente no segundo jogo amistoso que a equipa disputou sábado, com o Progresso do  Sambizanga, e pôde notar a presença massiva de jogadores que militam há muitos anos no Girabola.
Do grosso destacam-se, para além do ponta-de-lança Santana Carlos, o lateral esquerdo Yamba Asha, que nas últimas épocas  notabilizou-se  no ASA e no Petro de Luanda.

Também faz parte dos pretendentes a um lugar,  Paiza,  que depois de uma passagem pelo Sagrada Esperança regressa ao clube que o projectou pelas mãos do mesmo treinador e o Messi, procedente do Interclube a título de empréstimo.
A lista não termina por aí, porque constam ainda nomes, Basílio, Matamba e Baresi, todos com a intenção virada para a luta por um lugar cativo no grupo.
Há ainda a ressaltar a presença de Jerónimo, Jesus e Garcia, jogadores cuja procedência o JD não pôde apurar, mas que são dados como certos na batalha por um espaço no conjunto de Bula Atumba.
AP


ESTÁGIO EM BENGUELA
Domant em fase de adaptação


A equipa do Domant FC de Bula Atumba, que representa pela primeira vez a província do Bengo no Campeonato Nacional de Futebol da Primeira Divisão, está desde ontem na cidade de Benguela, local escolhido para a realização do estágio pré-competitivo  com vista o Girabola de 2015.

O conjunto sob o comando de Paulo Saraiva começou um ciclo de adaptação ao ambiente local, com vista à aclimatação dos jogadores, para uma melhor rentabilidade em função da temperatura característica daquela cidade.

“Entrámos hoje (ontem) na fase de adaptação ao clima, porque apesar da similitude climatérica entre Luanda e Benguela, existe uma ligeira diferença. Por isso, temos de fazer uma espécie de readaptação dos atletas, com vista à aclimatação dos respectivos organismos ao ambiente”, disse.

Paulo saraiva reafirmou a intenção da sua equipa realizar o maior número de jogos de controlo, com vista a dar maior traquejo ao grupo do trabalho que tem à disposição, o que pode possibilitar formar um plantel à medida das exigências. “Reafirmo aqui que temos de disputar muitos jogos amistosos, com vista a conseguir as performances necessárias. Cá em Benguela estão muitas equipas a fazerem as respectivas fases do estágio, o que significa dizer que isso vai ajudar muito no tocante aos jogos de controlo”, realçou.

Ainda no que toca aos jogos de controlo, antes de partir para as terras de Ombaka o Domant FC realizou dois desafios com o Progresso Sambizanga, que se saldaram numa vitória por 1-0, no primeiro, e empate nulo no segundo.   O Domant FC do Bengo tem a incumbência de representar condignamente a província no Girabola, razão pela qual a direcção do clube traçou como meta a manutenção, ao que se pode seguir alguma proeza, próprias da participação no campeonato, tal como o disse o presidente do grémio desportivo, Domingos António.

“Temos responsabilidades acrescidas para com o povo do Bengo. Sabem que é a primeira vez que a região tem uma equipa no Girabola, a primeira luta que vamos travar vai ser em busca da permanência”, revelou Domingos António.

CONTRATO
Lopes reforça Progresso da Lunda Sul


O lateral direito Lopes, um dos jogadores que até sábado era tido como certo no Domant FC do Bengo, renunciou à última  hora por alegada vigência de algumas cláusulas contratuais com o Progresso Sambizanga, clube que representou na época de 2014.

O jogador confirmou tal posição ontem ao Jornal dos Desportos, explicou de forma explícita as razões que estiveram na base da tomada de posição.
“Apesar do Progresso Sambizanga me ter dispensado, eu mantinha um vínculo com aquela equipa, em função de algumas cláusulas contratuais entre o clube e eu. Nisso, partindo do convénio existente entre os dois Progressos (de Luanda e da Lunda Sul), este último mostrou-se interessado por mim e eu assinei”, esclareceu  o lateral Lopes.

Sobre a condição no Domant FC, o lateral direito forjado na escola do conjunto sambila aclarou não ter assinado nada com a formação do Bengo, o que permitiu a sua transferência para a equipa treinada por Kito Ribeiro.

“Estava a treinar no Domant FC, mas não tinha  nenhum vínculo com o clube, porque não cheguei a assinar nada. Eu bem queria jogar por aquela equipa, mas infelizmente a força das cláusulas falou mais alto que o desejo”, reforçou o atleta.
AP