Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Seleco traballha para a " Revira-Volta"

Valdia Kambata - 25 de Março, 2019

No jogo da primeira mo em Luanda os angolanos perderam por 3-1

Fotografia: M. Machangngo | Edies Novembro

Depois de ter perdido, sexta-feira passada em casa, por 1-3, a  selecção nacional de futebol em sub-23,  defronta amanhã,  a partir das 18h30, no estádio Milpark, Joanesburg, a sua similar da África do Sul, em jogo da segunda "mão" da penúltima eliminatória de acesso ao Campeonato Africano das Nações (CAN-2019, no Egipto), prova qualificativa aos Jogos Olímpicos, em 2020, no Japão

Em declarações à imprensa, no final da partida disputada no estádio 11 de Novembro, em Luanda, o seleccionador angolano reconheceu, que não será uma tarefa fácil para o combinado nacional, mas possível."Se o adversário veio ao nosso reduto e marcou três golos, e pelas qualidades dos seus jogadores, também será possível fazermos o mesmo em sua casa", afirmou.

Apesar de ter sofrido três golos, Pedro Gonçalves acredita na reviravolta em Joanesburgo.  "Não vai ser fácil, mas é preciso acreditar. É mais um jogo intenso, que temos pela frente", reforçou .O responsável técnico dos Palanquinhas, está consciente que a selecção precisa de melhorar, se quiser vencer a eliminatória ." Vamos ter que melhorar, criando boas situações, boas jogadas e finalização com cabeça, tronco e membros. Temos noção do que temos que fazer", disse .

Para este desafio, o técnico dos palanquinhas levou os 25 convocados: guarda-redes: Agostinho Calunga (FC Bravos do Maquis), Carlos Peixoto (FC Porto), Nsesani Simão (1º de Agosto), João do Nascimento “JB” (Sagrada Esperança); defesas Danilson, Diógenes (Petro de Luanda), Nandinho (Progresso do Sambizanga), Quinito (Interclube), Gaspar (Sagrada Esperança), Mona (Caála), Rafa (Kabuscorp do Palanca);

os médios Além, Pedro Agostinho (Petro de Luanda), Aldair Ferreira (Vilaverdense), José Afonso (FC Bravos do Maquis), Mário (1º de Agosto), Messias (ASA) e os avançados Coxi (Cuando Cubango FC), Daniel Liberal (US Fermana), Felício Milson, Chico Banza (Marítimo), Jaredi (Libolo), João Bachiesa (Desportivo das Chaves), Melono Dala e Zito Luvumbo (1º de Agosto).A Confederação Africana de Futebol nomeou uma equipa de arbitragem zambiana, chefiada por Audrick Nkole, que será auxiliado pelos assistentes Amos Nanga Chalwe e Chiwoyu Sinyangwe.