Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Seleco do Uge destrona Luanda

AUGUSTO PANZO - 14 de Novembro, 2017

O capito da equipa do Uge admitiu que no foi fcil o triunfo.

Fotografia: Jornal dos Desportos

A selecção provincial do Uíge em velhas guardas conquistou no sábado, na cidade do Lubango, capital da Huíla, a III edição do torneio inter-provincial de futebol denominado por \"Taça 11 de Novembro\", ao vencer aos penaltis, a sua similar da Huíla, por 5-4, no cômputo geral, após o empate a duas bolas no tempo regulamentar, destronando assim a formação de Luanda, detentor do troféu.
O chefe da delegação e capitão da selecção vencedora, Fonseca Kamussengue Kakieto, regozijou-se com a conquista e homenageou o governador Pinda Simão, pelo facto deste ter solicitado na despedida que trouxessem o troféu para província.
\"Este troféu é uma homenagem ao senhor governador do Uíge, doutor Pinda Simão, pelo facto deste ser um desportista emprestado à política, bem como a força que nos deu e ter desejado que fizéssemos um bom jogo, ganhar o torneio e trazer a taça para o Uíge\", salientou. 
O capitão da equipa do Uíge admitiu que não foi fácil o triunfo, na medida em que as 18 equipas inicialmente envolvidas na prova tinham como meta chegar à final e, concomitantemente, conquistar o troféu.
\"A nossa reacção quanto à conquista é bastante positiva, na medida em que não foi nada fácil. Sabe que esse foi o desiderato das 18 selecções que estiveram envolvidas no torneio. Felizmente, com muito trabalho e dedicação, ganhou a equipa que pareceu estar melhor preparada que às outras. Sempre foi nosso objectivo conquistar um torneio em velhas guardas e conseguimos. Isto significa que o nosso objectivo foi cumprido\", revelou.
                                                      
GIRA - CATINTON
Real Sport conquista prova


A equipa do Real Sport é o novo campeão do torneio Gira Catinton, depois de vencer no domingo no campo dos Coelhos, por 2-1, ao bairro do Cassequel, o conjunto do Independente numa partida a contar para  a final da IV edição da referida competição, que estava a decorrer no bairro Catinton, ao Rocha Pinto, desde o passado dia 15 de Outubro.
Foi uma partida muito renhida, em função da rivalidade existente entre esses dois conjuntos, tidos como as melhores daquela circunscrição, razão pela qual arrastou muito público da zona e periferia, para o campo dos Coelhos.
Dada a afluência em massa dos amantes da modalidade naquele recinto, os jogadores sentiram-se motivados em agradar os presentes com bons recortes técnicos, um facto que se vive muito nos jogos de bairros, o que tornou o duelo muito apetecível do princípio até ao fim.
O conjunto do Real Sport foi mais eficaz, marcou dois golos, enquanto o seu principal rival apontou um, facto que permitiu aos vencedores erguerem o troféu no final.
Com essa conquista, o conjunto do Real Sport inscreveu pela segunda vez o seu nome na lista dos campeões dessa prova, depois de o ter feito na segunda edição realizada em 2014, ao passo que o Independente perdeu a hipótese de conquistar o tri- campeonato, como era seu desejo.