Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Seleco sub-18 realiza hoje ltimo apronto

Paulo Caculo - 22 de Fevereiro, 2018

Sub-18 prepara desafio com o Marrocos

Fotografia: Vigas da Purificao| Edies Novembro

A selecção nacional de sub-18 de Futsal realiza hoje à tarde,  no Pavilhão da Cidadela, a última sessão de treinos, antes da viagem para Rabat, agendado para a madrugada de sexta-feira, com vista o desafio de domingo com a sua congénere de Marrocos, a contar  para a primeira \"mão\" da eliminatória de acesso à fase final da III edição dos Jogos Olímpicos da Juventude, agendado para Outubro, na Argentina.
Durante a semana de preparação, o técnico Rui Sampaio privilegiou os ensaios de ordem técnica e táctica, sobretudo, os exercícios de construção do bloco defensivo e ofensivo.
O seleccionador recorreu  a jogos amistosos de preparação, como foi o efectuado com a Coprat, que serviu de avaliação da movimentação colectiva e individual da equipa.
De acordo com Andrade Dinis, vice -presidente da FAFUSA e chefe da caravana que viaja até Rabat, está tudo preparado para que a Selecção embarque na madrugada de sexta-feira, deve chegar a Casablanca ao cair da tarde ou  princípio da noite. Momentos depois, a caravana segue para Rabat, palco do jogo. No sábado, a equipa nacional deve efectuar um treino de reconhecimento, na quadra do jogo, diante da Selecção do Marrocos.
Entretanto, o seleccionador Rui Sampaio garante ter o grupo motivado,  dentro dos níveis desejados para fazer um bom trabalho. O técnico confessa que a arbitragem e o clima são as únicas grandes preocupações.
“Acho, que o grupo está motivado. Mas como só vamos na madrugada de sexta-feira, vamos fazer mais um jogo com uma equipa forte, para sairmos bem fisicamente e preparados, porque este grupo já está a dar garantias de fazer um bom jogo. Sabemos que o adversário joga muito, com o quinto homem”, disse o seleccionador, antes de finalizar:
“Acho, que estamos próximos da perfeição, principalmente, na atitude e na raça. Além do clima, estamos também com receio da arbitragem que é do Senegal, porque não tem futsal. Penso, que além do clima , o nosso maior adversário vai ser a arbitragem”,