Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Seleco sub-23 perde com frica do Sul

Valdia Kambata - 23 de Março, 2019

Depois de marcar o primeiro golo a equipa visitante ganhou confiana e passou a tomar conta do jogo

Fotografia: Paulo Mulaza | Edies Novembro

A selecção nacional de futebol de sub-23 consentiu ontem no EStádio 11 de Novembro uma derrota pesada diante sua similar da África do Sul, em jogo da primeira \"mão\" da penúltima eliminatória de acesso ao Campeonato Africano das Nações (CAN´2019), no Egipto), prova qualificativa aos Jogos Olímpicos de 2020, no Japão.

A jogar em casa, Angola  entrou forte, criando logo a primeira oportunidade de golo com Além que, à entrada da grande área, rematou com força, tendo a bola passado por cima do travessão. 

Aos dois minutos Mário, na grande área, testou os reflexos dos guarda redes sul-africano, porém, no momento em que o combinado nacional  carregava no ataque, o adversário aproveitou  bem uma distracção do central Nandinho que perdeu a bola no meio campo e permitiu um contra ataque rápido, conduzido por Singh, que depois de passar por Mona \"assistiu\" Mahlambi, tendo mando a bola para fundo da baliza.Depois de marcar  o seu primeiro golo a equipa visitante ganhou confiança e passou a tomar conta do jogo, não dando grande espaço para o meio campo angolano.

Fruto deste controlo do jogo a equipa sul-africana chegou ao segundo golo por intermédio de Mukumela que, à entrada da grade área, rematou forte sem dar possibilidade de defesa ao guarda-redes Carlos.A partir deste momento, a selecção sul-africana abrandou um pouco e, com isso, o combinado nacional subiu no terreno, sem criar grandes oportunidades de golo.

Na segunda parte, quando tudo parecia que os angolanos iriam tomar de assalto a defensiva  adversária, foi este que assumiu o controlo do jogo, procurando, claramente, conservar a vantagem. Neste período dois atletas angolanos  mostravam algum inconformismo,    Trata-se de Jaredi e CHico Banza que, sempre que podiam, criavam alguma na nona da baliza adversária. 

Porém, aos 63\', a defesa nacional abriu facilidades e o médio ofensivo sul-africano Margeman  passou por todos e, já na pequena área, \"bateu\" o guarda redes Carlos.Quando tudo indicava que as contas estavam fechadas , eis que, num livre, à entrada da grande área, Jaredi fez o único golo dos olímpicos angolanos, fixando, assim, o resultado em 3-1.    

OPINIÃO DOS TÉCNICOS

\"Temos que melhorar\"
Pedro Gonçalves (ANGOLA)
\" Dou, primeiro, parabéns à selecção da África do Sul que tem um nível de intensidade de jogo superior ao nosso, pois na metade da primeira parte já estavam a ganhar por dois a zero. Nos também criámos boas jogadas, infelizmente não as concretizamos . Temos que ser pacientes, não estamos atrás de resultados imediatos. Estamos a crescer , temos jovens talentos , tivemos bons momentos  no jogo sabemos que temos que melhorar, mas o trabalho é longo.

\"Estamos satisfeitos\"
David Notoane (ÁFRICA DO SUL)
\"Estamos totalmente satisfeitos, pois, marcámos três golos fora de casa.  A equipa esteve bem em termos técnicos e tácticos. Temos ainda o segundo jogo em casa e sabemos que no futebol tudo é possível.  Por isso, vamos trabalhar para não sermos surpreendidos\".