Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Soares pretende maior apoio no estágio

Benigno Narciso - Lubango - 20 de Janeiro, 2018

Mário Soares, “implora” à direcção do clube por disponibilidade financeira para a realização de um estágio

Fotografia: Edições Novembro

O técnico do Desportivo da Huíla, Mário Soares, “implora” à direcção do clube por disponibilidade financeira para a realização de um estágio pré-competitivo adequado, com tempo de duração suficiente fora da província, de modos a evitarem desgastes resultantes de viagens diárias para se realizar jogos de observação e regresso no mesmo dia, como sucedeu no ano passado.
“Espero que este ano tenhamos mais sorte quanto a  possibilidades financeiras, para podermos ir a Benguela e fazer no mínimo uma semana para realizar alguns jogos”, exteriorizou.
Como solução, a equipa afecta à Região Militar Sul está desde quarta-feira em Benguela, onde pode defrontar adversários de peso, como o 1º de Agosto, Petro de Luanda, Kabuscorp e outras equipas da elite nacional que estagiam na cidade das acácias rubras.
“Pretendemos fazer nove jogos e vamos ver se é possível. Sei que será difícil, mas diz-se que ‘bebé’ que não chora não mama. Creio que a direcção está a dar o melhor de si, para satisfazer a nossa programação”, sublinhou.
“Está tudo a depender de dinheiros. Infelizmente, não há previsão de alguma equipa fazer estágio no Lubango. Por isso, nós é que nos deslocamos  à procura de jogos, à semelhança do ano passado”, descreveu.
Indicou que a equipa técnica elaborou uma programação que foi entregue antecipadamente à direcção, caso seja efectivada vai satisfazer as pretensões do elenco directivo do clube, treinadores, atletas, sócios e adeptos para a realização de início de campeonato menos turbulento.
Para tal, advogou ser imperioso efectuar uma pré-época sem grandes sobressaltos, por isso, revelou-se esperançoso que a direcção satisfaça a programação definida. “O programa está entregue à direcção”, avançou.
“Pretendemos uma preparação sem sobressaltos, porque de uma forma atempada fizemos chegar à direcção e esperamos que dentro do programado satisfaça o nosso pedido. Do que são os nossos conhecimentos, caso a programação seja efectivada, vai de encontro às nossas pretensões que é de termos um início de campeonato de forma menos turbulenta”, esclareceu.