Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Sub-17 em Istambul com olhos no Mundial

Edvaldo Lemos - 19 de Setembro, 2019

Combinado angolano testa potencial para o Mundial do Brasil em Outubro prximo

Fotografia: Contreiras Pipa| Edies Novembro

A comissão técnica da selecção nacional de futebol na categoria de Sub-17, liderada pelo seleccionador Pedro Gonçalves, vai aproveitar o Torneio Internacional de Desenvolvimento da UEFA, que se disputa de 20 a 27 do corrente, em Istambul, para afinar o potencial do grupo, com vista a sua participação no Campeonato do Mundo, a ter lugar de 26 de Outubro a 17 de Novembro próximo, no Brasil.
De acordo com o seleccionador-adjunto Arsénio "Love" Cabungula, em declarações à imprensa, após o treino realizado ontem de manhã, no Estádio Nacional da Cidadela, em Luanda, o grupo está preparado para efectuar excelentes exibições na competição.
“Por tudo aquilo que desenvolveram durante as sessões de treinos, os meninos escolhidos deixaram indicadores, que podem representar condignamente o país na prova”, disse .
Representar condignamente o país na competição, assim como preparar da melhor maneira o grupo de trabalho, é o grande objectivo da selecção nacional no torneio em Istambul.
"O nosso principal objectivo é fazer um bom torneio, que os miúdos tenham uma boa  participação e com isso uma rotação competitiva, para chegarmos ao Campeonato do Mundo em boa forma ", disse.
A selecção angolana tem a sua estreia no torneio, marcada para domingo, diante da  congénere da Escócia, para o Grupo 2, e volta a jogar na próxima terça-feira, 24, ante o Paraguai para a segunda jornada, e termina a fase preliminar no dia 26, em que defronta o combinado dos Camarões, na capital turca.
Este torneio, de acordo com os organizadores, tem como objectivo reunir jovens habilidosos do mundo e proporcionar-lhes tarimba competitiva e conhecer aspectos culturais de outras nações.
Sobre os adversários  no Torneio de Desenvolvimento, Love Cabungula mostrou-se pouco preocupado, pois o mais importante, como afirmou, é fazer um bom torneio.
"Os adversários são bons, os grupos são fortes e têm boas selecções. Mas não estamos preocupados com a classificação, pois o mais importante é que os nossos miúdos  apresentem nos jogos o que treinaram e honrem o bom nome da nossa selecção. Por isso, os adversários e a classificação não estão em causa", referiu. 
O seleccionador Pedro Gonçalves levou para Turquia os seguintes atletas:
Geovani, Cambila, André, Domingos, Gegé, Pablo, Afonso, Mimo, Porfírio, Tino, Beni, Manilson, Maestro, Pedro Banga, Nelinho, Cláudio, Netinho, Cacótila, Zine, Abdul e David.
Integram igualmente a caravana Love Cabungula, Daniel Muemba “Chila”, Mauro Gonçalves, João Alves (técnicos), Agostinho da Costa (médico), Sílvia dos Santos (fisioterapeuta), Pedro dos Santos (supervisor), Oliveira Wango (técnico de material desportivo), Miller Gomes (director técnico) e Francisco Frank (segurança). 
Os jogadores Zito Luvumbo e Capita, duas estrelas que brilharam no último CAN de Sub-17, sãos os grandes ausentes do combinado nacional.
A selecção  nacional participa pela segunda vez, este ano, num torneio internacional, depois de ter competido em  Março último, na cidade de Antália, Turquia, na antecâmara do Campeonato Africano na categoria, disputado de 14 a 28 de Abril último, em Dar es Salaam, na Tanzânia.
A UEFA organiza a prova em vários escalões, especialmente jovens, como forma de desenvolvimento das selecções a nível internacional.