Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Temos maiores lucros nas edies de 2 feira

31 de Janeiro, 2019

Fotografia: Joo Gomes | Edies Novembro

Qualquer jornal, para além dos empregos directos, tem sempre a particularidade de proporcionar outros indirectos. Estes são daqueles que, pela manhã cedo, madrugam para a gráfica, para obter os seus exemplares e depois se espalharem pelos principais postos de venda na grande cidade. São os ardinas, que ajudam a levar o jornal para lá do casco urbano. Muitos encontram neste negócio o seu ganha-pão. Neste dia de aniversário, também falaram do jornal e do seu metièr.

Francisco Domingos, ardina
Sou ardina há cerca de 20 anos e sempre vendi o meu negócio aqui na baixa da cidade, e é dele que sustento a minha família. Não posso dizer que é um negocio lucrativo, porque também tem aqueles dias em que registamos baixas nas vendas e há perdas. O jornal só rende, quando sai com boas manchetes do tipo 1º de Agosto/ Petro. Quando assim acontece, a procura é maior e os dias que mais se vende o Jornal dos Desportos é às segundas feira, porque todo mundo quer saber as novidades do fim-de- semana. Portanto, devo dizer que no tempo em que o jornal era diário rendia-nos mais.

Artur Bernardo, ardina
Vendo jornais e revistas há 25 anos, durante estes anos todos é deste negocio que sai o meu sustento, mas também é bem verdade que existem dias bons nas vendas e dias maus.  Mas quando o jornal era diário vendíamos mais, porque desde que passou a sair três vezes por semana, os dias em que mais vendemos são as segundas feira, porque aos fins-de -semana há mais novidades em termos de desportos.

 Pedro Augusto, ardina
Sou ardina há mais de dez anos, mas não comecei a vender na Mutamba. Comecei a desenvolver esta actividade no aeroporto, depois no 1º de Maio e só depois fiz ponto fixo na baixa. Devo dizer que é um negócio lucrativo, quando o jornal sai com boas manchetes, mas quando a capa não trás boas novidades também vendemos pouco. Agora que o jornal sai apenas três vezes por semana, conseguimos vender mais nas edições de segunda feira, nos outros dias às vezes resta alguns jornais.