Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Tricolores reconhecem hoje a relva do Estdio

Edvaldo Lemos - 26 de Setembro, 2019

O sonho e a disposição de apurarem-se para a fase de grupos da Liga dos Campeões Africano, anima a caravana do Petro de Luanda, que se encontra desde ontem na República do Uganda, para defrontar o Kampala City Council FC, amanhã às 16h00 (locais) 14h00 em Angola, no estádio Startimes Stadium. Os tricolores, que reconhecem hoje o relvado do tapete sintético do campo, estão confiantes numa boa exibição e, por conseguinte, a qualificação."Fizemos algumas correcções durante a nossa preparação no país e procuramos transmitir aos jogadores o espírito de confiança, de modo a ultrapassarmos o Kampala City no seu reduto", disse o técnico Toni Cosano
Depois do empate a zero bola em Luanda, a eliminatória está relançada e o treinador espanhol revelou ao Jornal dos Desportos, que os tricolores estão cientes do grau de dificuldades, mas a determinação em afastar os ugandeses em sua própria casa fala mais alto.
"Os jogadores sabem o que vão fazer em campo, pois nos preparamos com a máxima força, por isso tenho a situação controlada. Temos muitas baixas, mas a nossa missão é sair de lá com uma vitória ou empate com golos", destacou. Ainda com o grupo limitado, o técnico lamentou as ausências de Manguxi (lesionado) e os atletas não inscritos, mas que na competição doméstica têm sido uma mais valia. A boa nova é a integração do central Tó Carneiro e o ghanês  Inunsah Mensah, recuperados das respectivas contusões.
"É do vosso conhecimento que temos jogadores que não foram inscritos, não posso contar com Manguxi que está lesionado, mas Tó Carneiro está recuperado e vamos fazer o mesmo com Isaac Mensah, por forma a realizarmos uma boa partida, pois são será nada fácil", salientou. Para a “Operação Kampala”, o treinador Toni Cosano levou os seguintes atletas:  Elber, Wilson, Mussa, Eddie Afonso, Karanga, Diógenes, Tó Carneiro, Além, Job, Pikas, Dany, Isaac Mensah, Ladilson Diógenes, Gerson, Herenilson e Bugos. A CAF indicou, para este jogo da segunda mão, um trio de arbitragem da Mauritânia, chefiado por Ahmad Heerall, que terá  como assistentes Pithia Jean Marc e Ram Babajee. O quarto árbitro será o senhor Ganesh Chutooree e o comissário Aimable Nabimana, do Burundi.