Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Trofense confirma pr-acordo com Capita

05 de Outubro, 2019

Fotografia: Edies Novembro

O internacional angolano Sub-17, Osvaldo Pedro Capemba "Capita", melhor marcador do último Campeonato Africano das Nações, CAN, da categoria, com quatro golos, assinou um pré-acordo com o Clube Desportivo Trofense, do Campeonato de Portugal, Série B, informa o site do grémio português. 
O site do CD Trofense que divulgou ontem a notícia, não avança mais pormenores sobre o pré-acordo com o jovem futebolista angolano, que ainda se encontra vinculado ao Clube Desportivo 1º de Agosto, com quem tem um diferendo e por isso,  suspendeu -o de toda a actividade desportiva.
Entretanto, o jogador em causa, 17 anos, não pode ser utilizado pelo Trofense, pois, para que  acontecesse tinha de acertar pormenores com a direcção do Clube 1º de Agosto. Foi por esse motivo, que o grémio militar solicitou à Federação Angolana de Futebol (FAF) para não emitir o Certificado Internacional de Transferência (CIT), em nome de Osvaldo Pedro Capemba "Capita". 
O clube milita reivindica os direitos desportivos sobre os atletas, que ainda não negociou com nenhum emblema estrangeiro, motivo por que pediu à Federação para não passar o CIT.
A duração do contrato do 1º de Agosto com o atleta Capita, como noticiamos há dias,  não está de acordo com o artigo 18º do Regulamento de Transferências de Jogadores da FIFA. O vínculo entre o clube e o futebolista, de 17 anos, é de quase quatro anos, "com vigência desde 6 de Fevereiro de 2018 até 31 de Janeiro de 2022\", mas o artigo acima citado do órgão reitor internacional defende que "os jogadores com menos de 18 anos não podem assinar contrato profissional,  por um período superior a três anos", como é o caso do internacional angolano de Sub-17.
Além de estabelecer a duração do contrato, o artigo 18º das Disposições Especiais relativas a Contratos entre Profissionais e Clubes desaconselha a extensão do contrato de um menor de 18 anos, para além do tempo previsto.
"Qualquer cláusula, que preveja um período mais longo, não será reconhecida", assegura a FIFA.
Capita, caso chegue a jogar pelo Trofense, vai ter a companhia do compatriota Bruno Rodrigues, avançado de 26 anos, que representa a equipa, pela primeira vez, depois de ter jogado pelo Fafe na época passada.  Os antigos internacionais angolanos, Joseph Maluka (falecido/ex-1º de Maio de Benguela) e Marco Abreu vestiram a camisola do Clube Desportivo Trofense. O primeiro, na época 1986/1987 e o segundo, em 1999/2000.