Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Tundavala ganha novos geradores

Gaudncio Hamelay, no Lubango - 14 de Junho, 2018

Direco Regional Sul da PRODEL minimiza situao da infra-estrutura desportiva huilana

Fotografia: VIGAS DA PURIFICAO | Edies Novembro

A entrega formal dos geradores constitui, assim, o primeiro passo para a recuperação da relva do estádio, construído no âmbito do CAN 2010 que o país albergou, processo que vai envolver o Ministério da Juventude e Desportos e o Governo provincial da Huíla.
O Ministério da Juventude e Desportos foi representado, no acto que decorreu numa das salas de conferência do estádio Tundavala, pela directora nacional de Infra-estruturas Desportivas, Lizete Fernandes, que recebeu os dois geradores da Direcção Regional Sul da Empresa de Produção de Energia Eléctrica (PRODEL), entidade tutelada pelo Ministério da Energia e Águas.O director Regional Sul da PRODEL, Carlos Armando Sebastião, explicou, na ocasião, que cada um dos geradores tem uma capacidade de 45 CVA e uma frequência adequada de 50 Erts usado no nosso país.
Acrescentou que relativamente a potência dos geradores, o problema da rega estará resolvido. Garantiu que a PRODEL se compromete em dar apoio, sobretudona assessoria técnica.
“Os dois geradores têm capacidade de 45 CVA cada um e são de 2017. Estão adequados a frequência usada no nosso país, que são 50 Erts. Os equipamentos, para além disso, comportam uma declaração que confirma o registo de garantia, um manual de operação e outro de manutenção do alternador, esquema eléctrico de comando e potência”, esclareceu.
Carlos Armando Sebastião defendeu, que os dois geradores estão destinados apenas  para minimizar o sistema de rega e consequentemente a água e  o seu funcionamento vai depender da demanda.
“Se houver muita demanda eles podem trabalhar em paralelo. Caso não, podem trabalhar isolado”, referiu
Por sua vez, a directora nacional de Infra-estruturas desportivas do Ministério da Juventude e Desportos, Lizete Fernandes, em representação da ministra Ana Paula do Sacramento Neto, confirmou que os dois geradores vão ajudar no sistema de rega do estádio Tundavala, uma vez que a relva daquela imponente infra-estrutura está totalmente debilitada.
“Precisamos dos geradores, para voltarmos a ter a nossa relva, que é o foco principal do nosso estádio. Por isso, viemos testemunhar a entrega dos dois geradores por parte do Ministério de Energia e Águas, através da Direcção Regional Sul da Empresa de Produção de Energia Eléctrica (PRODEL), reiterou.

Administrador
enaltece esforço
ministerial


O administrador do Estádio Nacional da Tundavala, Ronny Raimundo, enalteceu o esforço empreendido pelo Ministério da Energia e Águas, bem como o da Juventude e Desportos, para brindar aquela infra-estrutura desportiva com dois geradores, depois do desaparecimento do primeiro.
“Um dos passos no que diz respeito a recuperação da relva está lançado e implicará, também, a reposição completa do sistema que suportava o sistema de bombagem dos furos de água para o tanque de rega”, apontou.
Disse que o estádio nacional da Tundavala tem quatro furos de água e um sistema completo, que sustenta o processo de rega. Apontou que, para a recuperar da relva do estádio, é preciso um conjunto de factores.
“Enaltecer que um dos passos está solucionado, que tem a ver com a reposição do grupo geradores”, salientou.
“Estamos a contar com o apoio da Polícia Nacional, bem como os órgãos afins, no sentido de proteger-nos e não voltarmos a ter os mesmos problemas do passado”, afirmou.
Ronny Raimundo apontou que a relva do estádio nacional da Tundavala é tipo FIFA, daí que tendo em conta os níveis de degradação, para a recuperação da mesma, “teremos que começar do zero, isto é com o lançamento da sementeira”.