Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

"Vamos jogar com muita personalidade"

Pedro Augusto, em Braslia - 04 de Novembro, 2019

Fotografia: DR

 A Selecção Nacional de futebol de Sub-17 vai encarar com muita personalidade o jogo de amanhã à tarde, a partir das 16h30 locais (20h30 em Angola), no estádio Olímpico de Goiás, em Goiânia, diante da Coreia do Sul, referente aos oitavos-de-final do Campeonato do Mundo.
De acordo com o seleccionador Pedro Gonçalves, em entrevista ao Jornal dos Desportos e de Angola, em Goiânia, os Palanquinhas vão trabalhar até hoje à tarde, horas locais, para que se possam apresentar no máximo das suas capacidades no jogo com os sul-coreanos.
"Vamos encarar os oitavos-de-final com muita personalidade e alegria. Devemos dar força a esses jovens. Temos as coisas alinhavadas, vamos cumprir o nosso plano de trabalho até segunda-feira ,de formas a estarmos no máximo das capacidades possíveis para o jogo dos oitavos-de-final (diante da Coreia do Sul)", disse.
O seleccionador Pedro Gonçalves, depois de ontem à tarde, horário do Brasil, ter assistido o jogo dos sul-coreanos diante dos chilenos, em que venceram por 2-1, e que ditou a qualificação aos "oitavos", tem já uma ideia formada sobre a estratégia a utilizar para deixar cair o adversário de amanhã.
A maneira como o central Gegé recupera, após ausência no jogo com o Brasil, por lesão, anima o seleccionador nacional. Pedro Gonçalves assegurou que o capitão da selecção angolana estará apto no dia (amanhã) do duelo decisivo com a Coreia do Sul."Acredito que com mais uns dias o Gegé estará apto para o jogo" ', referiu.
O jogo Angola-Brasil, disputado sexta-feira à noite, madrugada em Angola, no estádio Olímpico de Goiás, deixou orgulhoso Pedro Gonçalves, apesar da derrota por duas bola a zero.
"Estou muito orgulhoso com o desempenho da nossa equipa (jogo com o Brasil). Fomos valentes e destemidos. Vamos até onde as nossas forças permitirem. Temos jogadores com muita capacidade e eles estão a crescer ", sustentou.