Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol

Vasiljevic agastado

Paulo Caculo - 26 de Maio, 2018

Seleccionador nacional de honras disse ter passado por muitas dificuldades para preparar os Palancas Negras que na segunda-feira iniciam a competir na Cosafa

Fotografia: Paulo Mulaza|Edies Novembro

O seleccionador nacional de honras, Srdan Vasiljevic, disse à imprensa estar extremamente agastado com a gritante falta de condições colocadas à disposição dos Palancas Negras. O sérvio, de 44 anos, considera estar num país sério e que merece uma selecção com condições sérias.
Srdan Vasiljevic fez tais declarações na véspera da viagem com a selecção à África do Sul, tendo em vista a participação na Taça Cosafa, agendada para disputar-se de 27 de Maio a 9 de Junho, na cidade de Limpompo, tendo deixado a transparecer a ideia de estar surpreendido com o tratamento que se dá à principal selecção do país.
\"A Cidadela não é um dos melhores campos em Angola. Estamos a falar da selecção nacional de Angola. Esta não é a minha selecção. Estou a trabalhar com vocês e desejo o melhor, com grande dedicação. Estamos a trabalhar para os melhores resultados, que nos vai dar uma grande felicidade e satisfação para todos\", desabafou o seleccionador nacional.
\"Sozinho não consigo. Durante estes dias que tivemos os treinos, davam-nos os horários e os campos, ninguém perguntou-nos se isso está de acordo com o nosso micro-ciclo. Um dia podemos trabalhar num campo às 8 horas, e outro dia no outro campo às 9 horas. Isso é um país sério, com um povo sério, nação séria e que merece condições sérias para uma selecção trabalhar, como é a selecção de Angola\", acrescentou Srdan Vasiljevic.
O seleccionador admite, por outro lado, estar a sobreviver perante um cenário de inúmeras dificuldades e contrariedades. Garante estar a esforçar-se para ajudar a conseguir os melhores resultados, mas recusa-se a aceitar, com naturalidade, que tais situações aconteçam com a principal selecção angolana.
\"Aquilo que estamos a sobreviver não é uma coisa séria. Mas, estou a trabalhar com a equipa técnica e estou a esforçar-me para o melhor e não vou desistir. Isso é uma certeza, mesmo se for necessário treinar na rua. Há um campo no Rocha Pinto, na rua, um pedaço de terreno baldio, onde os meus vizinhos jogam futebol e, se for necessário, vou levar lá a equipa também, pelo menos vamos ter um público\", assegurou, algo irónico.
Pese as dificuldades que teve para preparar a selecção nacional, Srdan Vasiljevic espera, ainda assim, conquistar a Taça Cosafa. Admite, no entanto, dificuldades, \"tendo em atenção que estamos a trabalhar com uma nova equipa, e que espero o melhor\".
\"Vamos tentar conquistar a Taça Cosafa. Estes jogadores vão poder ter uma boa oportunidade para o futuro. Já subimos cinco lugares no ranking e qualquer resultado positivo seria bom para mim, mas os principais protagonistas são os jogadores\", sublinhou.


RENOVAÇÃO
Trabalho do técnico
deixa FAF satisfeita

O processo de renovação levado a cabo pelo seleccionador nacional dos Palancas Negras, Srdjan Vasiljevic, que a partir de amanhã, até ao dia 9 de Junho próximo, começa a competir na 18ª edição da Taça Cosafa, tem deixado satisfeito a direcção da federação angolana da modalidade.
A revelação foi feita, na quinta-feira passada, pelo presidente do órgão reitor da modalidade, Artur Almeida e Silva, no final da visita de cortesia que efectuou no Clube Desportivo Escorpiões da Boa Fé de Viana.
\"Não dúvidas que temos um grupo virado essencialmente para o futuro. O seleccionador nacional tem selecção após selecção chamado sempre novos jogadores e então, a perspectiva é mesmo esta, quer dizer ir fazendo o chamamento dos jovens para que naturalmente a renovação se vai dando e se crie uma expectativa de médio a longo prazo. Acredito que um trabalho a todos os títulos positivo e que tem um grande futuro e acreditamos piamente, aliás, por isso é que estamos aqui, a fazer esta visita e também na perspectiva que também aqui um dia saia um jogador jovem que possa ingressar a nossa selecção\".
Questionado sobre a participação do combinado nacional na 18ª edição da Taça Cosafa, o número um da FAF afirmou que os escolhidos Srdjan Vasiljevic devem estar determinados em fazer uma boa campanha, que passa em atingir um dos lugares do pódio.
\"A Selecção Nacional deve encarar a Taça Cosafa com bastante determinação.  Nós somos Angola, aí onde formos é para darmos o nosso melhor. Portanto, vamos procurar fazer bons resultados que nos permite conquistar um dos lugares do pódio\".
Angola figura no grupo B, ao lado do Botswana, adversário de estreia amanhã, Ilhas Maurícias e Malawi, respectivamente.
Os Palancas Negras já conquistaram, em três ocasiões (1999, 2001 e 2004), a Taça Cosafa,  sob o comando do falecido técnico brasileiro Djalma Calvacante; e dos angolanos Oliveira Gonçalves e Mário Calado. Melo Clemente