Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol Internacional

Aboubakar lamenta empréstimo

06 de Dezembro, 2017

Avançado do FC Porto revela saída do treinador influenciou o regresso

Fotografia: AFP

Uma das figuras do FC Porto nesta época, Vincent Aboubakar, regressou ao Dragão disposto a escrever uma página que ficou em branco, depois de ser cedido ao Besiktas.
Em entrevista à UEFA, o avançado camaronês recordou esse capítulo, admitiu que Sérgio Conceição foi determinante para aceitar voltar à Invicta.
\"Fui para o Besiktas e não gostei de ser emprestado, até porque nunca me passou pela cabeça que o treinador, na altura me quisesse emprestar. Foi um choque para mim, senti que não ia voltar se o treinador fosse o mesmo\", revelou.
Feliz pelo regresso admite que \" a realidade é que o treinador foi embora, e chegou uma nova equipa técnica. Sérgio Conceição ligou-me e convenceu-me a dar o meu melhor ao FC Porto, por isso decidi regressar e ajudar o clube a ser campeão\", afirmou o jogador.
Na mesma entrevista, o internacional camaronês revelou ainda o seu ídolo.
\"Um jogador de que gostei muito, durante o meu crescimento foi Fernando Torres. Ele era muito bom, quando jogava no Liverpool\", sublinhou.
Aboubakar valorizou os talentos que despontam nos outros países. \" O futebol assistiu a uma grande revolução, com o aparecimento de jogadores como Messi e Cristiano Ronaldo, que estão sempre bem e que admiro muito, mas sempre gostei de Fernando Torres em especial,\"avançou.

PROFISSIONALISMO
Lúcio elogia empenho de Buffon

A poucos dias de um embate entre dois dos seus antigos clubes, Juventus e Inter de Milão, Lúcio recordou o percurso do guardião Gianluigi Buffon, com quem se cruzou na \'Vecchia Signora\'.
\"Apesar de pouco tempo, foi uma alegria imensa trabalhar ao lado de um profissional desse nível. Agradeço, pelo momento em que me acolheu na Juventus, procurava deixar toda a gente à vontade. É um exemplo para todos os jogadores, e para as novas gerações\", referiu o antigo defesa e internacional brasileiro, citado pelo L’Équipe.
Juventus e Inter de Milão defrontam-se no sábado, jogo a contar para a liga italiana

CAMARÕES
Hugo Broos termina contrato


O contrato do seleccionador de futebol dos Camarões, o belga Hugo Broos  termina em Fevereiro de 2018, não vao ser renovado, anunciou ontem o comité de normalização da federação.
O comité de gestão da Fécafoot, em funções depois da dissolução do executivo, explicou que a saída do técnico não é uma demissão e vai entrar em vigor \"a partir do termo do prazo de pré-aviso contratual de 30 dias depois da sua assinatura\". 
\"Não se trata de um despedimento. Hugo Bross permanece em funções até ao final do contrato, que expira em Fevereiro de 2018\", adiantou uma fonte da Fécafoot à agência de notícias France -Presse.  
O comité de normalização sublinha que \"treinador não conseguiu alcançar certos objectivos contratuais\", enfatizou a ausência dos Camarões do Mundial 2018, na Rússia.
No cargo desde Fevereiro de 2016, Hugo Broos, de 65 anos, liderou em 2017 os Leões Indomáveis até ao título na Taça das Nações Africanas (CAN), no Gabão.
O treinador de 65 anos de idade não revelou o montante total que reclama da Federação Camarosena de Futebol, por ser segredo.