Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol Internacional

Alvalade vai receber clssico mais equilibrado

12 de Janeiro, 2019

Portistas tm tido muitas dificuldades em actuar no Alvalade onde registam 13 jogos sem vencer

Fotografia: DR

O Sporting recebe hoje o FC Porto no Estádio de Alvalade, um dos 'clássicos' do futebol português mais equilibrados das últimas temporadas. Em casa, os 'leões' têm um claro domínio frente ao FC Porto, nas várias competições, já venceram mais de metade das recepções aos azuis e brancos, com 57 vitórias num total de 108 jogos.
A equipa de Sérgio Conceição procura esta época a 10ª vitória consecutiva, para o campeonato nacional.  Os “dragões” apresentam-se em Alvalade com uma vantagem de oito pontos sobre o Sporting e têm a possibilidade de estabelecer um novo recorde no futebol português: 19 triunfos consecutivos em várias competições.
Jogar em Alvalade não costuma ser tarefa fácil para o FC Porto, uma vez que os portistas registam um total de 13 jogos, sem vencer em casa do Sporting (sete empates e seis derrotas). O FC Porto não vence em Alvalade desde Outubro de 2008, quando bateu os 'leões', por 1-2, a última vez que as duas equipas se encontraram foi para as meias-finais da Taça de Portugal, com o triunfo do Sporting por 1-0.
Na temporada passada, Sporting e FC Porto defrontaram-se cinco vezes, os 'dragões' venceram em duas ocasiões e perderam uma. Depois de dois empates (em Alvalade para o campeonato, em Braga na Taça da Liga, com vitória do Sporting ao desempate por grandes penalidades), seguiram-se duas vitórias portistas, no Dragão.
Não é só o FC Porto que encontra dificuldades em Alvalade. O Sporting é a equipa da Liga mais forte em casa e não é de agora. Não perde em Alvalade para o campeonato desde Maio de 2017, um registo que atravessou a época passada e resistiu, pelo menos até agora, que tem quase metade da actual temporada. Depois da derrota com o Belenenses (3-1) são 26 jogos que está invicto, o “leão” cedeu três empates: com FC Porto, Sp. Braga e Benfica, na época passada.
Nesta temporada venceu oito jogos em casa, para o campeonato, um registo que apenas se aproxima o Sp. Braga, que tem mais um jogo no seu terreno: oito vitórias e um empate. Os «leões» perderam por duas vezes em Alvalade, na actual temporada, com Arsenal para a Liga Europa e com o Estoril para a Taça da Liga.
O FC Porto,  por outro lado, é a melhor equipa como visitante nesta época, apesar de ter  uma derrota na visita ao Benfica, no clássico da 7ª jornada. Os campeões não cederam qualquer ponto, longe do Dragão, num campeonato em que não têm qualquer empate.
Se observar a época na Liga, de ambas as equipas, é possível encontrar tendências claras. Semelhanças em alguns pontos, antes de mais, na capacidade de marcar golos, diferenças na estabilidade defensiva e na gestão dos momentos de jogo.

SEGUNDO E TERCEIRO
MELHORES ATAQUES

Em Alvalade vão estar frente a frente, o segundo e terceiro ataques da Liga: em primeiro, vai o Benfica, com 35 golos marcados, segue-se o FC Porto, com 34 tentos, uma média de 2.1, depois o Sporting com 33 golos e 2.06 de média, registo que melhorou desde a chegada de Marcel Keizer. Com o treinador holandês, os “leões” marcaram 15 golos, em seis jogos na Liga.
O volume ofensivo das duas equipas não é díspar. De acordo com as estatísticas oficiais da Liga, o FC Porto desenvolve mais ataques (566 contra 542 dos «leões), enquanto o Sporting remata, marginalmente, mais (251 contra 245 remates).
Se observar para quando marcam, há tendências claras. O Sporting deixa os golos para o fim: marcou 18 golos, mais de metade do total, na última meia hora de jogo. O FC Porto, também tem uma percentagem relevante de golos marcados, no último quarto de hora, oito no total, é na primeira parte que se revela mais eficaz: tem 15 golos apontados entre os 16m e os 45m de jogo na Liga.