Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol Internacional

CAF pode optar por Janeiro e Fevereiro

AUGUSTO PANZO - 30 de Novembro, 2019

Janeiro/Fevereiro o provvel para realizao do CAN-2021 com palco nos Camares

Depois de ensaiar  uma nova data,  na organização da Taça Africana das Nações, que ocorreu nos meses de Junho/Julho do corrente ano,  no Egipto,  a Confederação Africana de Futebol pretende recuar nas datas e voltar ao período de Janeiro/Fevereiro, conforme se constata numa nota inserida no jornal "L’Equipe",  site "Afrik foot", em que aquele órgão de comunicação social confirma  a tendência para o CAN Camarões 2021 aponta, fortemente,  para esse período.
“Como a Taça do Mundo de Clubes vai  disputar-se no período de 17 de Junho a 4 de Julho, parece ser impossível organizar um CAN em Agosto ou Abril, por exemplo. Os clubes europeus não vão aceitar essas datas. A nível de calendarização não resta, senão fazê-lo em Janeiro/Fevereiro, visto haver as Datas -FIFA para a disputa das qualificativas ao Campeonato Mundial de Futebol de 2022, no Qatar”, confirmou um membro do Comité Executivo da CAF ao quotidiano desportivo, sob anonimato.
Salienta-se que a CAF insiste em colocar a questão das condições meteorológicas, quando os meses de Junho e Julho correspondem à época de chuvas nos Camarões, razão pela qual se acha que outro imperativo esteja na base da mudança de datas, a que a CAF se propõe efectuar.
Mesmo que continue a camuflar a realidade, sabe-se que a FIFA anunciou no princípio deste mês, as mudanças nas datas, para a realização do Mundial de Clubes, fixando-as para os meses de Junho e Julho, justamente, o período proposto para a disputa do CAN, o que ia criar uma "colisão" em termos de datas.
Para que se encontre o consenso, o jornal "L’Equipe" avança que “uma reunião será realizada nos próximos dias nos Camarões, que vai envolver todas as partes ligadas à organização do CAN 2021” e que as datas serão comunicadas ao cabo desse mesmo encontro, cujo desfecho está, praticamente, já antecipado.