Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol Internacional

Djalma vai jogar no Kasimpasa de Istambul

18 de Agosto, 2012

O avanado angolano Djalma Campos, que chegou ao FC Porto na poca passada, foi emprestado ao Kasimpasa da Turquia

Fotografia: AFP

O avançado angolano Djalma Campos, que chegou ao FC Porto na época passada, foi emprestado ao Kasimpasa da Turquia e viajou para Istambul, onde começa nova experiência na carreira. Apesar de ter jogado 14 encontros na época passada e ter sido utilizado com regularidade na pré-temporada, Djalma não convenceu Vítor Pereira e permanecer no plantel portista. Depois do encontro de Angola com Moçambique, na quarta-feira, o extremo regressou à cidade do Porto apenas para se despedir dos colegas e tratar de assuntos pessoais. Djalma cumpre hoje os habituais exames médicos e é apresentado como reforço do Kasimpasa, que subiu ao escalão principal do campeonato turco em 2011, onde tem como objectivo a manutenção. Djalma, proveniente do Marítimo, tem contrato válido com os Dragões até 2016.


Sporting num deserto de títulos


O Sporting Clube de Portugal tem vindo a fazer uma longa travessia no deserto nos últimos anos, com o título de campeão a ser visto como uma miragem. Daí veio a decisão da direcção do clube em ter optado pelo técnico Sá Pinto para fazer o clube regressar aos tão ambicionados troféus.
Se na época anterior o treinador entrou quando a caravana já tinha partido e apanhou a viagem a meio, este ano Ricardo Sá Pinto construiu uma equipa à sua imagem entre saídas e entradas de jogadores e esta vai ser a época do teste de fogo para o jovem treinador que procura intrometer-se na luta pelo título de campeão.

O técnico colocou a defesa como o sector mais em foco neste período de transferências e as saídas de João Pereira, Anderson Polga, Evaldo e Rodríguez assim o obrigaram. Os leões contrataram dois jogadores para a zona central, que prometem ser referências no futuro, Boulahrouz e Marcos Rojo, que parecem ter convencido o treinador, em detrimento dos atletas que já se encontravam no clube.A titularidade concedida no último encontro de pré-época diante do Olympiakos é indício disso mesmo: em Alvalade há uma nova dupla de centrais. Para o lugar de lateral direito, o Sporting resolveu o problema com a “prata da casa”. Depois de uma boa época na Académica, Cédric Soares regressou ao clube, com o qual tinha contrato, e assumiu o lugar deixado em aberto por João Pereira.

Insúa mantém-se como indiscutível no lado esquerdo, mas este ano tem mais e melhor concorrência. Pranjic, e até o próprio Rojo, são alternativas credíveis ao argentino. Com estas mudanças, o Sporting parece ter acertado em cheio na contratação do médio defensivo nascido em Cabo Verde e com nacionalidade suíça. O jogador não precisou de muito tempo para entrar nas rotinas da equipa e tem uma capacidade física invejável, sendo rápido nas recuperações defensivas e uma boa referência para a primeira linha de construção de jogo. Gelson Fernandes promete ser um caso sério no meio campo leonino e Rinaudo tem de lutar muito para garantir um lugar que já foi seu.Estas alterações no novo esquema do conjunto pode surtir os efeitos desejados com o início da campanha na luta pelo título a ter lugar amanhã diante do Vitória de Guimarães.

INVESTIMENTO CHINÊS
NO CLUBE DE ALVALADE

Um grupo económico chinês, cujo nome permanece no segredo dos deuses, prepara-se para investir no Sporting, nos próximos dez anos, 70 milhões de euros. O negócio começou a ser arquitectado numa das várias viagens que Godinho Lopes fez à China, onde o Sporting se encontra já a trabalhar, em parceria com a federação de futebol local, na formação de jovens técnicos e jogadores de futebol. O jornal “Record” apurou que o negócio está actualmente em fase de auditoria, faltando pouco para se efectivar. Se tudo correr de acordo com o previsto, Godinho Lopes assina o contrato com os chineses durante o próximo mês, sendo então anunciado oficialmente.


ENTENDIMENTO
Fortuna Dusseldorf e Benfica chegam a acordo

O Sport Lisboa e Benfica e o Fortuna Dusseldorf reuniram-se quinta-feira em Frankfurt para esclarecer o incidente entre Luisão e o árbitro da partida amigável entre os dois conjuntos, disputada no dia 11, e questões eventualmente levantadas a partir daí entre os referidos emblemas. Em nota publicada no seu site oficial, os “encarnados” revelam ter chegado “a acordo” com o clube germânico e que “ambos concordaram que este incidente em nada interfere na amizade e na relação institucional existente entre os clubes”. No site do clube da Luz pode ler-se as declarações de Peter Frymuth, presidente do Fortuna: “o encontro pessoal, mantido com o presidente do Benfica, sem burocracia e numa atmosfera amigável, ajudou-nos a esclarecer toda a situação. Estamos muito felizes por termos encontrado uma solução”.

O Benfica acrescenta que a reunião foi pedida por Fernando Gomes, presidente da federação portuguesa, que, “considerando as relações de amizade entre ambas as federações, solicitou ao presidente da federação alemã, Wolfgang Niersbach, que mediasse o entendimento entre os dois clubes”. O Benfica não divulgou a solução encontrada pelos dois clubes para resolver o incidente do jogo, interrompido depois de um contacto entre Luisão e o árbitro, mas garante que o que se passou “em nada interfere na amizade e relação institucional existente” entre os dois clubes. O presidente do clube da Luz, Luiz Filipe Vieira, lamentou o incidente e está satisfeito por poder esclarecer todos estes mal-entendidos muito rapidamente.


BREVE

Petit regressa ao Boavista
Petit, actualmente com 35 anos, é um nome histórico do Boavista e está de volta para representar o clube na II Divisão. O internacional português e senhor de uma carreira de respeito é reforço confirmado do emblema axadrezado para a temporada 2012/13, depois de ter estado a jogar no Colónia durante as últimas temporadas. Uma grave lesão no joelho atirou-o para fora de “combate” durante quase um ano, mas a paixão pelo Boavista e pelo futebol adiou o final de carreira. “Falei com os responsáveis do Boavista, estive a trabalhar com o plantel e vou ficar este ano”, confirmou o médio em declarações a uma estação de rádio portuguesa. Petit iniciou a carreira no Boavista, tendo sido depois emprestado ao Esposende, Gondomar, União de Lamas e Gil Vicente, mas voltou ao Boavista para ser campeão em 2000/2001. Jogou ainda no Benfica entre 2002 e 2008, altura em que rumou para o Colónia, onde actuou durante quatro anos na Bundesliga. Esteve em dois Mundiais (2002 e 2006) e dois Europeus (2004 e 2008).


Yannick continua a ser aposta de Jesus
O empresário de Yannick Djaló negou ontem a veracidade das notícias que dão como muito provável a saída de Djaló do Benfica. Paulo Barbosa, empresário de Yannick Djaló, desmentiu as notícias que dão como provável a saída do jogador da Luz, assegurando que este sente que é aposta do treinador benfiquista, Jorge Jesus. “Não é verdade. O jogador está bem no Benfica e não tenho dúvidas de que Yannick sente que é uma aposta de Jesus”, afirmou o empresário.


Bosingwa no Queens Park Rangers
O jogador Bosingwa continua na Inglaterra, depois de ter sido dispensado do Chelsea. Campeão europeu pelo Chelsea, Bosingwa encontrava-se sem clube desde que no início do Verão foi dispensado pelos “blues”. Aos 29 anos, o internacional português tem sido apontado a diversos clube da Rússia, Itália e França, mas agora tudo está bem encaminhado para que se mantenha na Premier League, com as vestes do Queens Park Rangers. Depois de ter vencido a Liga dos Campeões, um campeonato, três Taças de Inglaterra e uma Supertaça inglesa,