Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol Internacional

Etoo e Drogba integram elenco da CAF

Augusto Panzo - 22 de Julho, 2019

Acho que no deve haver comentrios negativos naquilo que se relaciona ao desenvolvimento de frica, realou Ahmad Ahmad.

Fotografia: AFP

O presidente da Confederação Africana de Futebol,  Ahmad Ahmad, anunciou oficialmente na última quinta-feira, dia 18, que, a partir de agora, Samuel Eto’o e Didier Drogba, ambas antigas estrelas de futebol dos Camarões e da Costa do Marfim, passam a pertencer aos quadros da confederação. Os mesmos vão assessorar directamente a instância máxima da instituição desportiva continental, conforme se pode ler numa nota publicada no site "Afrik-foot", retomada pelo Jornal dos Desportos.
Na nota, o presidente da CAF pede desculpas antecipadas aos outros membros do seu elenco, por não terem sido avisados com a devida antecedência sobre o caso, alegando tratar-se de uma questão muito pessoal.“Peço as minhas sinceras desculpas junto do Comité Executivo por não o ter prevenido com a devida antecedência, visto que se trata de uma questão pessoal. Tenho a anunciar de que foi o presidente da CAF quem escolheu Samuel Eto’o e Didier Drogba, antigas glórias de futebol africano pelas selecções dos Camarões e da Costa do Marfim, para que sejam seus colaboradores mais próximos a partir deste momento”, deu a conhecer Ahmad Ahmad.
Na visão do dirigente máximo da CAF, a experiência desses dois homens pode ser inestimável para elevar o nível dos trabalhos naquela instituição.
Por outro lado, o presidente da CAF justificou a razão da intervenção da FIFA nos problemas do órgão continental que rege o futebol, ao indicar que a partir de 1 de Outubro, a secretária-geral da instituição, Fatma Samoura, entra em funções como “delegada-geral da FIFA para África”, com a missão de liderar uma auditoria geral à Confederação Africana, órgão confrontado com múltiplos problemas nos últimos meses.
Entretanto, enquanto vários observadores equiparavam esta intervenção da FIFA a uma curadoria da CAF, o presidente Ahmad repetiu  quinta-feira, na assembleia-geral do órgão pan-africano, que foi ele quem pediu a ajuda à FIFA, antes de explicar as razões.“A proposta de colaboração entre a CAF e a FIFA é necessário e terá resultados. A FIFA é a nossa empresa controladora e agradeço ao presidente Infantino por acompanhar a nossa Confederação para trazer ordem e concluir as reformas empreendidas. Em face de uma situação de piora, pedi apoio para acompanhar o atraso de longa data.
Estamos atrasados em comparação com outras confederações", adiantou o malgaxe.Em seguida, o dirigente recomendou à Assembleia no sentido de aplaudir a decisão de Gianni Infantino, por este ter aceitado que Fatma Samoura viesse ajudar a CAF,
“Peço a todos que aplaudamos o presidente da FIFA, Gianni Infantino, pelo facto de ter aceitado que a nossa irmã Fatma Samoura viesse nos ajudar. Acho que não deve haver comentários negativos naquilo que se relaciona ao desenvolvimento de África”, realçou Ahmad Ahmad.