Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol Internacional

Leverpool quer continuar invicto

05 de Outubro, 2019

Lder defronta o Leicester com a inteno de conservar o estatuto

Fotografia: DR

O Liverpool, ainda sem perder ponto nesta edição da Premier League, é claro favorito hoje, recepção ao Licester, numa oitava jornada em que os campeões da Liga dos Campeões vão tentar manter-se na senda de vitórias.
Contudo, o grande destaque da jornada oito da liga inglesa é o desafio entre Manchester City e Wolves. O facto deste vir a ser disputado no estádio Etihad, casa dos "Citizens", pode desequilibrar a balança de forma definitiva. Sendo a equipa de Nuno Espírito Santo uma máquina de roubar pontos aos clubes ditos "grandes", além de eliminá-los com frequências das taças, esses feitos têm, normalmente, lugar em casa dos "Lobos". Sendo o jogo disputado em casa do City - que nos últimos 44 jogos a contar para a Premier League, por apenas uma única vez ficou em branco - a tarefa adivinha-se extremamente difícil.
O Manchester defronta o Newcastle United, num encontro em que  caso termine com a vitória de uma das equipas, vai ser ou a primeira do Newcastle em casa, ou a primeira do United fora de casa nesta edição da Premier League. As duas derrotas, dois empates e apenas uma vitória nos últimos cinco jogos para ambas as equipas, espelham com clareza o mau momento destes dois colossos do futebol inglês, em particular dos "Red Devils".Em toda a história do Newcastle, apenas em quatro edições no escalão mais elevado do futebol inglês o clube não foi capaz de vencer um dos seus primeiros quatro jogos em casa. Steve Bruce pode fazer história pela negativa caso não vença a equipa de Ole Gunnar Solskjaer.
No caso do United, o cenário não é menos negativo. Não vencendo fora de casa há já sete partidas, com quatro derrotas e três empates, os "vermelhos" de Manchester ameaçam ultrapassar a série de jogos negativos sem vencer fora de casa de 1989, em que, de Fevereiro a Setembro desse ano, o United viu-se sem ganhar fora de portas em onze ocasiões consecutivas.

CORRUPÇÃO
Ex-presidente da Conmebol banido da FIFA


A FIFA anunciou nesta quarta-feira, que baniu Eugeio Figueredo, ex-presidente da Conmebol e ex-vice presidente do próprio órgão máximo do futebol, por corrupção. Diante disso, Figueiredo não poderá exercer qualquer actividade ligada à modalidade, até o resto da sua vida, com início já nesta quarta (2).
O comunicado foi divulgado no site oficial da FIFA, no qual afirma que o uruguaio, actualmente com 87 anos, violou o artigo 27 de seu Código de Ética, que fala sobre a prática do suborno. Além disso, Figueredo também recebeu uma multa de um milhão de francos suíços.
O ex-presidente da Conmebol foi condenado, depois de ter sido investigado por envolvimento em uma série de episódios de suborno entre os anos de 2004 e 2015, “em relação ao seu papel na concessão de contratos a empresas pelos direitos de media e marketing dos concursos” do órgão.
Em Maio de 2015, Figueredo foi um dos presos na Suíça pelo FBI por conta de uma investigação, que apurou irregularidades cometidas por cartolas ligadas à FIFA (entre eles estava José Maria Marin, ex-presidente da CBF, que cumpre pena em uma prisão nos Estados Unidos).