Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol Internacional

Liga Europa d pontap de sada hoje

17 de Setembro, 2009

Benfica e Sporting, com vantagens teóricas, e Nacional, perante o mais poderoso Werder Bremen, entram em acção, hoje, na Liga Europa, para testar o novo formato da extinta Taça UEFA e enfrentar a experiência dos cinco árbitros.
Num figurino mais próximo do da Liga dos Campeões, em que a primeira fase é disputada em 12 grupos de quatro a duas voltas, a segunda competição europeia vai ser pioneira na utilização de cinco árbitros, uma experiência que, se correr bem e o International Board aprovar, o presidente da UEFA, Michel Platini, quer estender à Champions na próxima época e ao Euro’2012.
A partir de hoje, as equipas portuguesas presentes vão começar a perceber os efeitos dessa medida, com a qual se pretende diminuir erros de arbitragem sem recurso a meios tecnológicos.
O Benfica, inserido no Grupo I, onde reparte o favoritismo com os ingleses do Everton e os gregos do AEK Atenas, começa a aventura europeia frente à praticamente desconhecida equipa bielorrussa do BATE Barisov.
Os “encarnados”, com veia goleadora na Liga lusa, com o registo de 14 golos em quatro jogos, assumem a condição de favoritos, mas em alerta, na recepção ao BATE - que se estreou nas competições da UEFA na última edição da Liga dos Campeões.
O conjunto bielorrusso ficou na última posição do Grupo H da Liga dos Campeões de 2008/09, apesar de ter obtido empates frente à Juventus, de Itália, e ao então detentor da Taça UEFA, o FC Zenit, da Rússia. O Sporting, no Grupo D, entra em prova - depois de eliminado no “play off” da Liga dos Campeões - no recinto dos holandeses do Heerenveen, que afastaram por duas vezes o Vitória de Setúbal da Taça UEFA (2006/07 e 2008/09).
Os “leões” apresentam um registo de quatro vitórias, um empate e duas derrotas nos sete jogos disputados em terras holandesas, enquanto o Heereveen, que vai tentar contrariar a tendência história do Sporting, não vence há seis jogos na UEFA.
A última vitória dos holandeses ocorreu, curiosamente, sobre outra equipa portuguesa, o Vitória de Setúbal, que foi ao Estádio Abe Lenstra perder por 5-2 na primeira eliminatória da Taça UEFA de 2008/09.
O Sporting empatou os últimos quatro jogos na Europa, depois de na última temporada se ter despedido da UEFA com uma pesada derrota diante dos alemães do Bayern Munique, com um total de 12-1, nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões.
Os “leões” não tiveram dificuldades em ultrapassar a fase de grupos da Taça UEFA na última ocasião em que nela marcaram presença, em 2004/05, seguindo depois até à final, que acabaram por perder para o CSKA Moscovo, por 3-1, em pleno Estádio José Alvalade. Além do Heerenveen, o Sporting irá ter como adversários no Grupo D o Hertha de Berlim, num reencontro com a equipa alemã com quem jogou uma partida na pré-época de 2005 em Paris (2-2), e a formação letã do Ventspils do português João Martins. O Nacional da Madeira, pela primeira vez na sua história na fase de grupos de uma prova da UEFA, recebe o Werder Bremen num duelo teoricamente desigual, que assinala o reencontro do treinador Manuel Machado com os alemães.
Os dois últimos jogos do Werder Bremen em Portugal resultaram numa derrota frente ao FC Porto (3-2) e, nos 16 avos-de-final da Taça UEFA de 2007/08, um triunfo, por 1-0, no terreno do Sp.Braga, na altura treinado por Manuel Machado.
O Werder Bremen, do português Nuno Almeida, “apadrinha” ainda a estreia do Nacional no confronto com equipas alemãs, mas a missão da formação insular em pontuar, se bem que não seja impossível, será difícil de concretizar.
Os alemães nunca participaram na fase de grupos da Taça UEFA (Liga Europa), mas por três vezes transitaram para esta prova, após terem concluído os respectivos grupos da Liga dos Campeões no terceiro lugar
O Nacional provocou uma das grandes surpresas do “play-off” de acesso à fase de grupos, ao eliminar o vencedor da Taça UEFA de 2007/08, o Zenit, depois de nas presenças anteriores ter sido afastado, em 2004/05 e 2006/07, somando por derrotas os quatro jogos realizados.
Além do Werder Bremen, a formação insular terá ainda como adversários no Grupo L os espanhóis do Athletic Bilbau, com quem poderão lutar de igual para igual pelo apuramento, e Áustria Viena com um “papel menor”.
A primeira jornada da Liga Europa proporciona alguns jogos com “cheirinho” a Liga dos Campeões, como o Panathinaikos (Grécia)-Galatasaray (Turquia), no Grupo F, e o Everton (Inglaterra)-AEK Atenas (Grécia), no I. A Roma, de Itália, do português Antunes, tem o primeiro teste à sua candidatura ao triunfo no Grupo E no recinto dos suíços do Basileia, de Carlitos, enquanto a Lazio, de Eliseu, no G, recebe a formação austríaca do Salzburgo. O Valência, de Espanha, dos portugueses Miguel e Manuel Fernandes, inicia a sua participação no recinto dos franceses do Lille, no Grupo B.
O Cluj, o clube mais português da Roménia, onde actuam António Conceição, Nuno Claro, Tony, Vitinha, Cadu, André Leão e Dani, recebe os dinamarqueses do Copenhaga, no arranque do Grupo K.

Angolano Mateus convocado
para defrontar o Bremen


O técnico do Nacional, Manuel Machado, chamou 18 jogadores, dentre os quais o internacional angolano Mateus, para o primeiro jogo da fase de grupos da Liga Europa, contra o Werder Bremen.
A chamada de atenção na convocatória do treinador insular vai para a inclusão do defesa Tomasevic e dos avançados Anselmo e Mateus.
Por opção técnica, ficaram de fora deste encontro os defesas Patacas e Nuno Pinto e ainda o médio Abdou. Os convocados são:
Guarda-redes: Douglas e Rafael Bracalli;
Defesas: Felipe Lopes, Halliche, Clebão, Tomasevic e Wellington;
Médios: Cléber Oliveira, Leandro Salino, Luís Alberto, João Aurélio, Pecnik e Rúben Micael;
Avançados: Anselmo, Amuneke, Edgar Costa, Edgar Silva e Mateus.

Al-Jazira transmite jogo
de equipa israelita

O canal de televisão Al-Jazira, detentor dos direitos da Liga dos Campeões em futebol para o Médio Oriente, tornou-se, na passada terça-feira, no primeiro canal árabe a transmitir um jogo com uma equipa israelita, no caso o Maccabi Haifa.
A partida com o Bayern de Munique foi a primeira que uma televisão árabe transmitiu envolvendo uma equipa de Israel, seja selecção ou clubes, com os comentários a serem feitos em língua inglesa.
Nenhum responsável da Al-Jazira, sediada no Qatar, se mostrou disponível para fazer qualquer comentário à decisão de transmitir para o mundo árabe o encontro do Maccabi, disputado em Telavive, o qual terminou com a vitória dos alemães do Bayern por 3-0.
Até à época passada os direitos de transmissão dos jogos da Liga dos Campeões eram detidos pela ART, de capitais sauditas.

Santana continua à frente
da selecção sul-africana

Depois de perder os últimos seis jogos à frente do comando da selecção da África do Sul e ver a “sombra” de Carlos Alberto Parreira crescer sobre si, o técnico Joel Santana ganhou alento na noite de terça-feira para continuar a trabalhar os Bafana Bafana para o Mundial de 2010.
Após se reunir com os dirigentes da Federação Sul-africana de Futebol para analisar o desempenho da selecção anfitriã do Campeonato do Mundo nos últimos jogos, o técnico recebeu voto de confiança e foi confirmado no cargo para dar sequência à preparação da equipa visando o Mundial.
“Não há nada em relação a esse assunto (demissão), pois entendemos que a selecção ainda está em preparação para a pova do ano que vem”, sintetizou o presidente da entidade, Raymond Hack, em entrevista ao jornal “Kick off”.
Na visão do dirigente, os últimos seis compromissos dos Bafana Bafana foram bastante complicados e, por isso, o trabalho do brasileiro, apesar de contestado por parte de alguns dirigentes, continua a ser reconhecido.
Nos últimos jogos, a África do Sul foi derrotada pela Espanha (duas vezes, ambas na Taça das Confederações), Brasil (também na Taça das Confederações), Alemanha, Sérvia e Irlanda.